Prefeitura emite nota sobre o pagamento de servidores da UPA

106
Foto: Arquivo O Progresso de Tatuí
Publicidade
Da redação

A assessoria de comunicação da prefeitura emitiu, na tarde desta terça-feira, 8, um comunicado afirmando que o atraso no pagamento dos servidores da UPA (unidade de pronto atendimento) “Augusto Moisés de Menezes Lanza”, ocorrido nos últimos meses, não tem relação com a suspensão temporária dos repasses de recursos municipais.

A gestora da unidade teria deixado de pagar os honorários médicos dos serviços prestados no mês de abril e o salário dos funcionários, que ocorreria nesta terça-feira, 8, relativo ao mês de maio.

Em nota, a prefeitura afirma ter realizado os repasses referentes aos meses de abril e maio deste ano na conta do Instituto Innovare, dentro dos respectivos meses (conforme a previsão legal e contratual).

O órgão municipal acrescenta não existir razões para que a organização social ainda não tenha efetuado os pagamentos e finaliza: “A prefeitura aguarda que a situação seja normalizada sob pena de adotar medidas administrativas e judiciais cabíveis”.

A suspensão temporária do repasse de recurso municipal ao Instituto Innovare foi anunciada na quarta-feira da semana passada, 2, em nota divulgada nos canais oficiais da administração municipal.

Publicidade

Conforme o comunicado, a organização social não comprovou “de forma satisfatória” o cumprimento das metas fiscais e financeiras estipuladas no contrato de gestão da unidade hospitalar.

Por conta disso, a prefeitura informa ter decidido pela suspensão temporária do repasse até que os apontamentos sejam esclarecidos. A prefeitura ainda aponta estar em destaque no acordo o fato de a gestora não poder causar prejuízo ao atendimento prestado.

Publicidade