Prefeitura assume ‘parque luminotécnico’

Atual gestão assina termo de implantação da iluminação pública com lâmpadas de LED

Prefeito Cardoso Júnior assina termo de convênio para programa de eficiência energética (foto: Fábio Morgado Rotta)
Da reportagem

Na segunda-feira, 25, no Paço Municipal “Prefeita Maria José Gonzaga”, ocorreu a cerimônia de assinatura do termo de implantação de iluminação pública com lâmpadas de LED (diodo emissor de luz) em Tatuí. A prefeitura, por meio da Secretaria de Serviços Públicos e Zeladoria, passou então a assumir a gestão do sistema no município.

Estiveram presentes no evento: o prefeito Miguel Lopes Cardoso Júnior; o gerente institucional da Neoenergia Elektro, Eduardo Zornoff; o gerente de distribuição da Elektro, Marcelo Vilarino; o representante institucional da Elektro, Raphael Chichaveke Luz; o supervisor de distribuição da Elektro; José Vinícius Santos; os representantes das empresas Elebat e Italuz, Wilson José Salvador, Alessandro Stuart e Felipe José Salvador; o presidente e o vice-presidente da Câmara Municipal, Antônio Marcos de Abreu e Márcio Antônio de Camargo; os vereadores João Éder Alves Miguel, Paulo Sergio de Almeida Martins, Renan Cortez e Jairo Martins; os secretários municipais Ricardo Barbará da Costa Lima, dos Serviços Públicos e Zeladoria; Renato Pereira de Camargo, do Governo e Negócios Jurídicos; Gustavo Duarte Elias de Almeida, da Administração e Transporte Público; Aniz Eduardo Boneder Amadei, da Fazenda, Finanças, Planejamento e Trabalho; Marco Luiz Rezende, das Obras e Infraestrutura; Miguel Ângelo de Campos, da Segurança Pública e Mobilidade Urbana; José Hélio de Oliveira Júnior, da Agricultura e Meio Ambiente; Alessandro Bosso, da Assistência e Desenvolvimento Social; Elisângela da Costa Rosa Cecílio, da Educação; Cassiano Sinisgalli, do Esporte, Cultura, Turismo e Lazer; Elaine Leite de Camargo Miranda, dos Direitos Humanos, Família e Cidadania; Tirza Luiza de Melo Meira Martins, da Saúde; o chefe de gabinete da prefeitura, Christian Pereira de Camargo; o diretor-presidente do TatuíPrev, Rosan Paes Camargo Filho; o assessor da Secretaria Municipal de Direitos Humanos, Família e Cidadania, Wilian Alexandre Nunes da Silva; e o diretor financeiro da prefeitura, Mauro Edson Soares de Moraes.

Atualmente, o sistema de iluminação pública no município é composto por lâmpadas de vapor de sódio. Conforme o projeto de lei 33/21, aprovado em abril deste ano, a mudança trará maior eficiência energética, redução do consumo de energia com menor custo de manutenção, melhor qualidade do serviço público de iluminação, maior percepção de segurança e aumento da atratividade de áreas da cidade durante a noite.

A Neoenergia Elektro cederá, gratuitamente, 3.400 luminárias até o final do mês de agosto. A implantação do sistema começa em setembro e irá até dezembro, na região do centro expandido da cidade e nas principais vias artérias que dão acesso aos bairros. Já a prefeitura, fica responsável pela aquisição das demais 9.900 luminárias, resultando em 13,3 mil pontos de iluminação.

Para o prefeito Cardoso Júnior, a iniciativa “é mais um exemplo de como Tatuí está se modernizando e caminhando com o desenvolvimento”.

“Cada vez mais empresas, investidores e pessoas físicas têm se interessado em se instalar no município. Ações como a da mudança de iluminação contribuem para que a visibilidade da cidade seja maior no estado de São Paulo e no Brasil”, acrescentou o prefeito.

Segundo a Secretaria de Serviços Públicos e Zeladoria, a previsão é de que a implantação integral seja realizada até setembro de 2023. O financiamento foi solicitado e a licitação de compras está fechada.

“Com isso, a prefeitura assumiu o atual parque luminotécnico e fará a manutenção através de uma empresa terceirizada”, explicou o engenheiro e secretário da pasta, Ricardo Barbará da Costa Lima.

A empresa será a Italuz, com sede em Itapeva (SP), e que presta este tipo de serviço há mais de dez anos em diversos municípios. Além de realizar a manutenção, também será responsável pela troca das lâmpadas atuais pelas de LED. O período contratual é de um ano, podendo ser postergado.

De acordo com Costa Lima, as lâmpadas de vapor de sódio possuem vida útil de 15 mil horas em média, enquanto as luminárias em LED possuem duram até 90 mil horas, o que corresponde a 22 anos. Todas as luminárias terão selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

O volume de luz nas ruas será multiplicado por sete, em relação ao atual. A eficiência de cada watt que o município paga para a empresa Elektro será multiplicado por dez.

As de LED têm 159 lumens/watt e as de vapor de sódio, que são as amarelas, possuem 15 lumens/watt (lúmen é uma unidade de medida que informa o fluxo luminoso). Quanto mais alto for o valor em lúmens, mais intensa é a luz a ser emitirá.

Segundo Costa Lima, a mudança na tecnologia de iluminação trará mudanças significativas na vida do munícipe, “já que o atinge de forma relevante e abrangente”.

“Na medida em que o projeto for implantado, produzirá cidadania, segurança, conforto e bem-estar, já que as áreas ficarão mais iluminadas. O impacto social será relevante”, sustentou.

Sobre a manutenção, Costa Lima afirmou que as ocorrências tendem a acontecer em menor frequência do que atualmente, em razão da alta tecnologia investida. “Quando acontecer, será resolvida mais rapidamente”, frisou.

A pasta também informou que, a partir deste dia 27 de julho, o público já deve procurar a ouvidoria da prefeitura, pelos telefones (15) 3251-3576 e 0800 770 0665, e não mais a Elektro. Posteriormente, será divulgado o contato específico do setor de iluminação.

Segundo Stuart, a transição “será um desafio” e necessita que a população “entenda a complexidade”.

“Nos três primeiros meses, há muitos pontos novos para serem instalados, o que exige um planejamento detalhado e com foco na rapidez”, observou. Para ele, em pouco tempo, “o morador sentirá as diferenças e aprovará a nova era da iluminação municipal”.

Zornoff lembrou que, desde 2013, havia uma ação judicial movida pelo município para não assumir a manutenção e os ativos de iluminação pública. Contudo, segundo ele, a atual gestão “entendeu a importância de Tatuí procurar modernizar o parque luminotécnico existente, que, em função desta ação judicial, impedia investimentos como o da substituição de lâmpadas”.

“A Elektro só poderia fazer investimento com o projeto de eficiência energética se o município tivesse assumido os ativos de iluminação, como aconteceu nesta cerimônia”, acrescentou Zornoff.

Ele frisou, também, que o recurso é oriundo da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), autarquia sob regime especial, vinculada ao Ministério de Minas e Energia.

Costa e Lima prevê uma redução de consumos estimada de 265.995 quilowatt-hora por mês. O valor atual da conta mensal de Tatuí é de R$ 394.680 e, com a redução de R$ 169.712, o valor cairia para R$ 222.570.

A redução de 43% representaria uma economia anual de R$ 2 milhões aos cofres públicos. “Será uma economia sem prejuízos, já que a qualidade da iluminação será dez vezes mais eficaz”, mencionou o secretário.

Após todo o município ter as lâmpadas de LED instaladas em seus postes, a prefeitura informa pretender implantar um sistema computadorizado de monitoramento, que permitirá que qualquer problema na iluminação pública seja identificado remotamente, sem que o cidadão necessite entrar em contato com a prefeitura, o que agilizaria ainda mais a manutenção do sistema.

Costa e Lima prevê que, após a instalação das lâmpadas, será realizada a implantação da dimerização, que é um dispositivo regulador da intensidade da luz, conforme a demanda. O equipamento permite que a intensidade nos postes possa ser personalizada de forma individual ou setorizada, por horário ou local, por exemplo.

“Em horários com mais fluxo humano, a intensidade da iluminação permanecerá no máximo; já no período da madrugada, será possível diminuir, customizando de acordo com a região”, explicou Costa e Lima. Para ele, caso a medida seja adotada, será possível obter uma economia de até 30%.

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome