Prefeita cita calote e investimentos feitos na região de unidade

1881
Prefeita chamou dado de informação (foto: Cristiano Mota)
Publicidade

Na inauguração da Emei (Escola de Educação Infantil) “Valderes de Sousa”, a prefeita Maria José Vieira de Camargo apontou um calote da administração anterior e investimentos realizados pela atual gestão, na região onde fica a unidade. A chefe do Executivo disse não se tratar de crítica, mas de informação importante.

Ela afirmou que a gestão passada, que terminou em dezembro de 2016, teria abandonado a obra após as eleições do mesmo ano. Conforme a prefeita, a equipe anterior deu “um calote na empresa contratada para a construção”.

A licitação, realizada em junho de 2016, foi vencida pela ECB Engenharia e Construção. O projeto previa a construção de uma unidade com 571 metros quadrados ao custo de R$ 790 mil, dinheiro proveniente dos cofres municipais.

A Prefeitura lançou a pedra fundamental da obra no dia 18 de junho de 2016. Entretanto, a construção parou em outubro, conforme divulgado por O Progresso quando da ocasião das reuniões de transição de governo municipal.

Segundo a prefeita, a administração anterior não pagou “um único centavo para a construtora”. Maria José explicou que a equipe de governo dela precisara quitar o débito para conclusão, aumentando o aporte do Executivo para R$ 900 mil.

Publicidade

Além desse investimento, a prefeita acentua que a atual administração beneficiou a população da região com muitas ações. Entre elas, a base comunitária da Guarda Civil Municipal, reaberta no primeiro trimestre de 2017.

Com apoio da Elektro, a Prefeitura promoveu a revitalização da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) “Magaly Azambuja de Toledo”.

“Mas, nosso compromisso com o Santa Rita e esta região também é com a recuperação da malha viária e a entrega da Praça da Música”, acrescentou Maria José.

De acordo com a prefeita, o Executivo já iniciou os trabalhos de recapeamento na rua Osmil Martins. As obras viárias acontecem também na rua Teófilo de Andrade Gama, principal ligação do centro da cidade àquela região. “Tudo isso sem falar nas obras de tapa-buracos que estamos realizando”, acrescentou.

Maria José sustentou que a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura está empenhada na construção de bueiros e bocas de lobo para conter o volume de água em dias de chuva. As tubulações também estão sendo implantadas na rua Teófilo Andrade Gama.

“Os desafios são muitos, mas, graças ao trabalho da nossa equipe e o apoio dos vereadores, estamos conseguindo superá-los, um a um e dia após dia”, salientou a prefeita.

Publicidade