PM recolhe porções de drogas e um ‘estatuto’ do PCC no Jardim Tóquio

3726
Drogas, anotações sobre o tráfico e um estatuto do PCC foram recolhidos em casa do Jardim Tókio (foto: Polícia Militar)

Duas pessoas foram presas por tráfico de drogas na quarta-feira, 11. Equipes da 2a Cia. da Polícia Militar recolheram porções de cocaína do tipo “Aricanduva” com um adolescente de 17 anos, no Jardim Santa Rita de Cássia, e na casa de um jovem de 20 anos, morador do Jardim Tóquio. Além das drogas, apreenderam anotações do tráfico e um estatuto do PCC (Primeiro Comando da Capital).

O flagrante do jovem aconteceu por volta das 12h. Uma guarnição da PM recebeu denúncias anônimas de que havia pessoas fazendo uso de drogas no bairro São Cristóvão e realizou averiguação no local.

No bairro, os militares localizaram um grupo de pessoas, as quais teriam informado que o morador do Jardim Tóquio fazia venda de entorpecentes junto com um parceiro. Dando seguimento nas buscas, os militares encontraram um dos acusados.

O rapaz (que não teve o nome divulgado pela polícia) carregava R$ 311 em dinheiro. Na casa do suspeito, os agentes localizaram 14 pinos de cocaína, pedras de crack e porções de maconha, além de uma porção a granel de cocaína, pesando em torno de 50 gramas, e pinos vazios para acondicionamento de drogas.

Além do entorpecente, foram apreendidas folhas de contabilidade, cartas de presídios informando o movimento do tráfico e um estatuto do PCC. O jovem foi levado à Delegacia Central, onde permaneceu à disposição da Justiça, após ser autuado por tráfico de drogas.

O menor foi apreendido, por volta das 19h, com mais de 30 porções de cocaína. Uma equipe da Força Tática fazia patrulhamento pelo Jardim Santa Rita de Cássia quando suspeitou do rapaz. Ele estaria saindo de um terreno baldio e, com a aproximação da viatura, teria entrado em uma padaria para tentar “ludibriar” a guarnição.

Durante a abordagem do suspeito, os militares encontraram duas porções de cocaína do tipo Aricanduva e R$ 40 em dinheiro. No terreno de onde o adolescente havia saído, foram localizadas outras 15 porções da mesma droga e mais 14 porções de cocaína armazenadas em “pinos” de plástico.

Questionado, o rapaz teria alegado ser usuário e negado o crime de tráfico. Mesmo assim, foi levado à Delegacia Central, onde permaneceu à disposição da Justiça. Ainda segundo a PM, o adolescente já teve o nome citado em outros seis casos de tráfico de drogas registrados na Polícia Civil.