Novo calçadão pode ser feito em 3 meses

1249
Calçadão irá contemplar o trecho entre a praça da Matriz e o Mercado Municipal
Publicidade

A revitalização de trecho da rua Prudente de Moraes, que prevê a construção de um calçadão, poderá ser concluído em até 90 dias, informou o presidente da ACE (Associação Comercial e Empresarial) de Tatuí, Eric Proost.

O presidente também antecipou já estar definido que a obra será realizada por completo, e não por partes, podendo ter início nos próximos 30 dias.

O tempo foi definido para não prejudicar o atendimento aos consumidores e não causar grandes transtornos aos lojistas, que ficarão com as calçadas sendo readequadas durante o período.

Uma reunião, realizada no dia 5, já havia definido o planejamento para a revitalização. Ela contou com a participação de técnicos da Prefeitura, representantes da ACE e dos lojistas envolvidos na construção do calçadão, que irá contemplar o trecho entre a Praça da Matriz e o Mercado Municipal “Nilzo Vanni”.

“Alguns comerciantes já vêm com essa reivindicação há algum tempo. Eles pretendem valorizar a rua Prudente, que é uma rua principal, porém, não é a 11 de Agosto. No ano passado, quando assumi a presidência, um dos diretores comentou sobre esse assunto, e nós orientamos os comerciantes do local a se reunirem”, contou o presidente.

Publicidade

Segundo Proost, o modelo escolhido pelo grupo foi pelo alargamento das calçadas, o que não impedirá o tráfego de veículos leves e motos. A revitalização também vai contemplar bolsões para embarque e desembarque de passageiros.

Uma pesquisa apontou que o impedimento total da passagem dos veículos não estaria mais sendo utilizada pelos municípios, pois atrapalharia o comércio e o trânsito na região central. Ficou definido, então, que o alargamento das calçadas seria a solução ideal para a revitalização.

“A gente tinha muito medo de acabar com o tráfego de carros e motos. Nesse formato (de calçadão), continuamos com carros e motos passando, com a velocidade reduzida, através da instalação de lombadas, para que os carros não passem em uma velocidade perigosa”, explicou Proost.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Tatuí, Eric Proost (foto: divulgação)

“Avançamos na discussão de uma nova rua Prudente de Moraes, toda revitalizada, no trecho Mercado-Praça da Matriz, com uma calçada maior, dos dois lados, nova iluminação, nova drenagem e pavimentação, acessibilidade adequada, bolsões de estacionamento etc.”, declarou a prefeita, após a reunião do dia 5.

O calçadão será custeado por meio de uma PPP (parceria público-privada). Isto é, com recursos privados para executar a obra. Proost explicou que os valores de custeio das calçadas serão de responsabilidade dos comerciantes e as melhorias estruturais da rua, de competência da Prefeitura.

“A gente está esperando, entre essa semana e a próxima, um orçamento final que a Prefeitura está levantando. Já temos uma noção de valores, mas ainda faltam alguns detalhes. A parte do comércio ficará em torno de R$ 100 mil”, contou Proost.

A Prefeitura também realizou estudo para viabilizar um local para carga e descarga dos produtos oferecidos pelas lojas. Um projeto, realizado por uma urbanista, apontou para as melhorias que serão necessárias para a realização do calçadão.

“Uma reunião bastante positiva, avançamos em um pré-projeto e já temos o apoio de quase todos os comerciantes deste trecho da via. Apoiando nosso comércio, vamos gerar mais empregos, renda e apoio aos eventuais turistas. Uma nova reunião acontecerá na próxima semana”, observou Maria José.

Proost conta que todos os comerciantes abordados sobre a revitalização aceitaram prontamente a iniciativa. Ele explica que a principal intenção é valorizar a rua Prudente de Moraes e dar maior mobilidade de trânsito, que a cidade não tem na parte central.

“A cidade é antiga, as calçadas são estreitas. Acreditamos que esse projeto pode ser pioneiro e copiado em outros quarteirões. Assim como foi montado quase que uma associação dos comerciantes da rua, pode ser que isso se torne um modelo para a cidade”, destacou Proost.

O presidente da ACE reforçou que a associação está aberta para outras reinvindicações dos comerciantes e “disposta a colaborar com as ideias que valorizem e estimulem o comércio e o turismo da cidade”.

“Meu pensamento é focar no associado e mostrar trabalho. Que todos se unam para termos mais força para construir uma cidade melhor e um comércio mais forte. Em qualquer área comercial da cidade, queremos levar os benefícios da melhor forma”, definiu.

Proost acentuou que o local ficará mais bonito e iluminado, atraindo turistas e pessoas, que poderão caminhar com tranquilidade pelas amplas calçadas a serem construídas, beneficiando, inclusive, aqueles com dificuldade de locomoção.

Em setembro do ano passado, uma enquete, realizada por O Progresso, apontou que 86% dos participantes se posicionaram favoravelmente à iniciativa e 14% divergiram da proposta apresentada pela ACE.

Publicidade