Notas policiais

  • Ladrões entram com carro na garagem para ‘facilitar’ furto

Uma mulher de 36 anos teve a residência dela, localizada no bairro Inocoop (Conjunto Habitacional Amaro Padilha), invadida e furtada na tarde de terça-feira da semana passada, 14. Os bandidos chegaram a entrar com um veículo dentro da garagem do imóvel para carregar os pertences subtraídos.

De acordo com o boletim de ocorrência, por volta das 15h, os criminosos arrombaram o portão social e, na sequência, desconectaram os fios do portão para entrarem na garagem da casa da vítima.

Conforme o boletim, os bandidos causaram um prejuízo total de R$ 13 mil, tendo furtado: duas televisões, sendo uma de 60 polegadas e a outra, de 32, avaliadas em R$ 6.200; dois notebooks, estimados em R$ 3.000; um celular, de R$ 1.300; dez perfumes, de R$ 2.000; e cinco conjuntos de semijoias, de R$ 500.

A vítima disse à PC que não há câmeras de segurança no local. No entanto, vizinhos viram um carro prata, modelo Celta, e um veículo vermelho (não identificado) na frente da casa. Antes da invasão, os ladrões ainda teriam chamado pelo nome de um dos moradores para ter certeza de que não havia ninguém na residência.


  • Bandidos atiram e pedem R$ 1.000 para deixarem imóvel

Dois homens, de 42 e 67 anos, foram vítimas de tentativa de roubo em um sítio situado no bairro Congonhal de Baixo. Ao todo, cinco criminosos invadiram a propriedade rural e pediram dinheiro para ir embora. O caso aconteceu na noite de terça-feira da semana passada, 14.

Às 19h35, conforme a Polícia Militar, uma equipe fazia patrulhamento de rotina quando foi acionada, via Copom (Central de Operações da Polícia Militar), para atender à ocorrência de um roubo em andamento.

No local indicado, segundo a corporação, as vítimas relataram aos agentes que cinco homens armados e “sob grave ameaça” invadiram o local, anunciando o assalto. Contudo, os bandidos não conseguiram entrar na casa, pois a porta estava trancada.

De acordo com PM, como as vítimas estavam com medo, elas negociaram com os assaltantes a entrega de R$ 1.000. Apesar disso, os bandidos ainda efetuaram disparos na direção do imóvel antes de fugirem.

Segundo o boletim de ocorrência, as viaturas policiais realizaram buscas pelas proximidades, no entanto, não localizaram nenhum dos suspeitos do crime. Os disparos efetuados por eles quebraram o vidro de uma das janelas e acertaram, de raspão, uma das mãos de uma vítima, de 62 anos, a qual foi encaminhada ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto”.


  • GCM prende sujeito acusado de estuprar mulher em mata

Um indivíduo de 44 anos acabou preso em flagrante, pela Guarda Civil Municipal, na manhã de domingo, 19, acusado de estupro no Jardim Santa Rita de Cássia. O indiciado negou o crime, afirmando não ter pagado o valor que teria combinado com a vítima, de 46 anos, pelo ato sexual.

Segundo a GCM, por volta das 9h10, uma guarnição foi acionada para atender à ocorrência de estupro, ocorrido em via pública. Os agentes encontraram a vítima alegando que havia sido constrangida por ter sido obrigada a ter relações sexuais com um homem desconhecido, em uma mata no Santa Rita.

Posteriormente, conforme a GCM, os guardas localizaram um sujeito com as mesmas características indicadas pela vítima. Ao ser abordado, o indivíduo negou a violência no ato sexual, garantindo não ter cometido estupro.

De acordo com a corporação, o acusado foi levado ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto” e, informalmente, voltou a garantir aos guardas que não havia sido violento ou ameaçado a mulher ter relações com ela.

Ainda conforme a corporação, o suspeito afirmou que a mulher seria uma garota de programa, a qual cobraria R$ 20 pela prática sexual. No entanto, ele não teria o dinheiro para pagá-la. Ainda informou que a relação fora “vaginal e sem uso de preservativo”.

De acordo com o boletim, a vítima foi encaminhada ao IML (Instituto Médico Legal) para constatação de ato de sexual e coleta de material genético. Conduzido à Central de Flagrantes, o acusado recebeu voz de prisão, sem possibilidade de fiança, por violação sexual mediante fraude.


  • Tatuiano falece após colidir com bicicleta em uma árvore

Um homem de 35 anos, identificado como Edival Carneiro Guimarães, faleceu na madrugada de sábado, 18, na Santa Casa de Misericórdia. O óbito aconteceu após a vítima ter permanecido quase uma semana internada em razão de envolver-se em um acidente.

Conforme o boletim de ocorrência registrado sobre o caso, no domingo anterior, 12, Guimarães estava andando em uma bicicleta e, em determinado momento, chocou-se contra uma árvore (o local não foi informado).

Segundo o boletim, a vítima sofreu ferimentos graves e, na ocasião, foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), sendo conduzida à Santa Casa.

Conforme as informações médicas passadas a um familiar, Guimarães sofreu traumatismo craniano, necessitando ser entubado e submetido a ventilação mecânica.

Entretanto, na madrugada de sábado, 18, por volta das 5h, Guimarães teve uma parada cardiorrespiratória. Médicos da Santa Casa ainda tentaram a reanimação dele, porém, às 05h52, foi constatado o falecimento da vítima.

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome