Notas policiais

  • GCM captura casal suspeito de tráfico no Rosa Garcia 2

Um casal acabou preso pela Guarda Civil Municipal, na tarde de terça-feira, 14, acusado de tráfico de entorpecentes no Jardim Rosa Garcia 2. Durante a ação, a corporação apreendeu porções de maconha e cocaína, além de um celular e dinheiro.

Às 17h35, conforme a GCM, uma guarnição fazia patrulhamento pelo bairro quando recebeu denúncia anônima informando que, ao lado de uma viela, na rua Antônio Orlando Salmasi, um indivíduo, acompanhado da namorada, estava entregando “kits” de drogas e guardando o dinheiro entre os balaústres de uma casa abandonada.

Na sequência, segundo a GCM, os agentes foram ao local indicado e avistaram o casal ao lado da viela. Durante a abordagem, foram encontrados um kit de maconha aberto, contendo cinco porções, e um kit de cocaína fechado, com 14 pinos, além de R$ 24,90 com o rapaz. A namorada dele carregava R$ 100, em notas diversas, e um celular.

Ainda de acordo com a corporação, os guardas foram até a residência abandonada e, ao verificarem o que havia entre os balaústres, localizaram mais R$ 313. Ao ser questionado a respeito dos entorpecentes e do dinheiro, o casal negou o tráfico.

Segundo o boletim de ocorrência, os suspeitos, identificados como Nikolas de Lima, de 24 anos, e Camila Aparecida Teodoro Valença foram conduzidos para a realização de exames cautelares no Pronto-Socorro Municipal e, depois, à Central de Flagrantes, onde permaneceram à disposição da Justiça.


  • Vítimas procuram a DC após golpes em grupo no Facebook

Na tarde de terça-feira, 14, duas pessoas estiveram na Delegacia Central para registrar boletins de ocorrência de estelionato. Em ambos os casos, os golpistas lesaram as vítimas depois de as terem atraído através do grupo no Facebook denominado “Classificados Tatuiano”.

No primeiro caso, segundo relatado, ocorrido na tarde de 28 de maio, por volta das 13h30, uma mulher de 26 anos, residente no Jardim Santa Rita de Cássia, interessou-se por uma publicação de “Viviane Pereira” no grupo, a qual estaria vendendo roupas por atacado.

A moça, conforme relatado, entrou em contato com Viviane, via WhatsApp, através de um número com DDD 84. Após a suposta vendedora enviar algumas fotos das roupas, a vítima realizou compra com valor total de R$ 805.

A vítima disse à PC que efetuou o pagamento via Pix, em benefício de “Rosemeire Batista do Nascimento”. No entanto, após enviar o comprovante, ela não obteve mais resposta, percebendo que havia caído em golpe.

No segundo caso, de acordo com o boletim de ocorrência, na noite de sexta-feira da semana passada, 10, um anúncio de uma geladeira, no mesmo grupo, despertou o interesse de um morador da vila São Cristóvão, de 56 anos.

Segundo o boletim, ele entrou em contato com o anunciante, através de um telefone de DDD 11. Posteriormente, a vítima realizou o pagamento do valor acordado, em R$ 650, via Pix. Porém, nesse momento, o estelionatário deixou de responder as mensagens.


  • Esposa de indiciado informa localização de itens furtados

A Guarda Civil Municipal prendeu um indivíduo de 33 anos, na madrugada de segunda-feira, 13, acusado de furtar uma loja de celulares na região central. Algumas horas após a detenção, os aparelhos subtraídos foram recuperados após a esposa do indiciado delatar a localização deles.

Conforme a corporação, por volta das 5h30, uma equipe esteve no estabelecimento comercial para atender à ocorrência. Lá, o proprietário informou que as portas da loja haviam sido quebradas e cinco caixas de celular Apple, modelo iPhone, haviam sumido.

A vítima, segundo a GCM, exibiu as imagens do sistema de monitoramento e os guardas puderam ver as características do suspeito. Pouco depois, um agente localizou o acusado na via Coronel Bento Pires e o conteve até a chegada da viatura. Somente as caixas dos aparelhos foram encontradas na praça Cesário Mota.

De acordo com o boletim de ocorrência, o acusado, identificado como Júlio César dos Santos, foi encaminhado ao Pronto-Socorro Municipal e, na sequência, à Central de Flagrantes, onde ficou à disposição da Justiça.

Mais tarde, por volta das 9h, segundo a GCM, a esposa de Santos encontrou cinco iPhones em cima da cama dela e, “de imediato”, telefonou à corporação. O proprietário da loja foi contatado para comparecer à Delegacia Central, onde os celulares foram devolvidos.


  • Mais de R$ 5 mil em itens são levados de casa em construção

Um homem de 27 anos teve a residência dele em construção, situada no Jardim São Conrado 2, invadida e furtada na segunda-feira, 13. Os itens subtraídos causaram prejuízo de R$ 5.600. A vítima comunicou o crime ao plantão policial no dia seguinte.

De acordo com o boletim de ocorrência, na manhã de terça-feira, 14, quando chegou ao imóvel, na rua João Vieira de Campos, o proprietário percebeu que a porta do fundo estava danificada e, ao entrar, constatou a falta de alguns objetos.

Conforme o boletim, foram furtados: 300 metros de fios elétricos, avaliados em R$ 2.000; uma pia e um gabinete, de R$ 2.000; um espelho de moldura branca, de R$ 100; um armário contendo uma pia, de R$ 700; e um tanque de lavar roupas, estimado em R$ 800.

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome