Notas policiais

  • Polícia apreende mais de 200 tijolos de maconha na SP-280

Um paranaense de 27 anos acabou detido, na manhã de domingo, 10, na rodovia Presidente Castello Branco, a SP-280, acusado de tráfico de entorpecentes. No carro conduzido pelo acusado, a Polícia Militar Rodoviária localizou e apreendeu mais de duas centenas de tijolos de maconha.

De acordo com a corporação, por volta das 10h30, uma equipe fazia patrulhamento quando os policiais avistaram, na altura do quilômetro 132, sentido capital, um carro branco, modelo Gol, com placas de Navegantes (SC), em “atitude suspeita”.

Durante a abordagem, conforme a PMR, os agentes encontraram 207 tijolos de maconha, além de dois celulares, oito caixas de gel afrodisíaco e R$ 242. Ao ser questionado se as drogas pertenciam a ele, o suspeito negou, afirmando que estava sendo pago para transportá-las até São Paulo.

Segundo o boletim de ocorrência, o acusado, identificado como Maycon Douglas Lispski Tormes, foi conduzido ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto” para realização de exame de corpo de delito cautelar. Na sequência, foi levado à Central de Flagrantes, onde recebeu voz de prisão, ficando à disposição da Justiça.


  • Vítima arremata automóvel em leilão, mas não o recebe

Um homem de 56 anos, residente no Jardim Lucila, foi vítima de estelionato ao acreditar ter arrematado um veículo em leilão pela internet.

O tatuiano realizou a transferência do valor negociado, porém, não recebeu o automóvel na data combinada. O caso foi informado no plantão policial na tarde de sexta-feira, 10.

Na tarde de sexta-feira da semana retrasada, 3, segundo relatado, o homem estava buscando adquirir um veículo por leilão e acessou o endereço eletrônico “denatranestadual.org”. Através do site, ele se interessou por um Hyundai, modelo HB20.

Na sequência, conforme relatado, o tatuiano acertou a compra por R$ 16.055. O valor foi transferido, via TED, à conta de “Jonathan Fernandes Policarpo Silva”.

No edital disponível no site, após o pagamento ser efetuado, a empresa leiloeira teria até três dias úteis para entrar em contato com o comprador.

A vítima disse à PC que, após não receber nenhum contato na data estipulada, tentou contatar os responsáveis pelo site, sem sucesso. Após uma semana do pagamento e sem conseguir qualquer retorno da suposta empresa de leilões, a vítima percebeu que havia caído em golpe.


  • Quase R$ 35 mil são retirados de conta de grupo empresarial

Um grupo empresarial, proprietário de estabelecimentos em Tatuí e em outros municípios paulistas, teve quase R$ 35 mil sacados de contas bancárias.

Uma representante da empresa esteve na Delegacia Central, na manhã de sexta-feira, 10, por volta das 10h30, e registrou boletim de ocorrência de furto.

Conforme o documento, por volta das 8h30 do dia anterior, duas funcionárias, ao analisarem as contas bancárias do grupo, como ocorre diariamente, perceberam que havia contas com as senhas bloqueadas.

As funcionárias acionaram a representante, a qual, segundo o boletim, começou a verificar os extratos bancários das contas que não estavam bloqueadas. Desta forma, ela percebeu que três possuíam saques de valores até então desconhecidos.

“De imediato”, conforme o boletim, a representante entrou em contato com o banco, o qual informou, por e-mail, o número de IP (identificação de rede e dispositivos na internet) pelo qual foram efetuados pagamentos de boletos com o dinheiro das contas do grupo. O banco ainda buscou o IP de outros dispositivos que tentaram acessar outras contas empresariais.

Ainda de acordo com o BO, a representante informa que o prejuízo total do grupo foi de R$ 34.999,98. De duas filiais instaladas em Tatuí, foram retirados R$ 15 mil da conta de uma e R$ 9.999,99 de outra, além de R$ 9.999,99 de uma filial em Itapeva (SP).


  • Ventilador e bomba quase são levados de unidade da Sabesp

A unidade de captação de água bruta da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), situada no bairro Guaxingu, foi alvo de tentativa de roubo. O caso aconteceu na noite de quinta-feira, 9, e foi comunicado à Delegacia Central na madrugada do dia seguinte.

Segundo a Guarda Civil Municipal, uma equipe da corporação foi acionada para atender a ocorrência por volta das 21h30. Lá, um GCM que atua como segurança da unidade informou que, por volta das 19h, precisou ausentar-se e, quando retornou, encontrou um indivíduo no local.

De acordo com a GCM, o sujeito caminhou na direção do segurança, fazendo menção de estar armado, o qual deu-lhe voz de prisão, sendo totalmente ignorado. “Na intenção de defender-se”, ele efetuou dois disparos de arma de fogo, sendo um para cima e o outro para baixo, e o criminoso fugiu do local.

Na sequência, conforme a corporação, o segurança verificou que as portas da guarita e da sala de bombas de cloro estavam arrombadas. Do lado de fora, junto ao muro da unidade, ele localizou uma espingarda de pressão, um ventilador e uma bomba dosadora de cloro.

De acordo com o boletim de ocorrência, posteriormente, na Central de Flagrantes, o delegado plantonista determinou a apreensão da espingarda de pressão e da arma do GCM que atua como segurança do local.

O ventilador e a bomba dosadora também foram apreendidos e, depois, entregues a um representante da Sabesp.

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome