Notas policiais

476
  • Mulher sofre furto enquanto colocava os filhos em veículo

Uma vendedora de 26 anos foi vítima de furto, na tarde de sexta-feira, 7, na rua 11 de Agosto, na área central. Durante a ação, a Polícia Militar deteve um metalúrgico de 39 anos, suspeito do crime, além de recuperar o celular furtado e apreender outros dois aparelhos.

Conforme relatado pela vítima, por volta das 13h, ela estava colocando os filhos dentro do carro quando um sujeito desconhecido esbarrou nela. Nesse momento, o indivíduo roubou o celular, que estava na mão direita dela, e fugiu, correndo em direção ao bairro Boqueirão.

Pouco depois, segundo a corporação, uma equipe fazia patrulhamento pela área central quando os agentes notaram algumas pessoas aglomeradas. Entre elas, a vendedora, chorando, e populares, gritando “pega ladrão”.

Após serem informados das características do acusado, conforme a PM, os agentes encontraram-no na rua Teófilo de Andrade Gama e conseguiram capturá-lo na via Aristeu Antunes, enquanto ele tentava se esconder no meio do matagal de um terreno. Com ele, os policiais localizaram o celular da vítima e outros dois aparelhos.

De acordo com a PM, o suspeito confessou o furto e recebeu voz de prisão. Na sequência, o metalúrgico foi conduzido ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto” e, depois, à Central de Flagrantes, onde permaneceu detido preventivamente à disposição da Justiça.


  • Vítimas têm nomes utilizados em empréstimos e dívidas

Entre sexta-feira, 7, e segunda-feira, 10, a Delegacia Central registrou três boletins de ocorrência de estelionato, nos quais as vítimas tiveram os nomes utilizados por golpistas para efetuar compras e empréstimo bancário. Ao todo, os crimes geraram prejuízos de mais de R$ 30 mil.

No primeiro caso, um cobrador de 49 anos, na manhã de sexta-feira, 7, informou que, no dia anterior, recebera na residência uma carta do Serasa (Centralização de Serviços dos Bancos).

O cobrador disse à PC que, na carta, constava uma dívida no valor de R$ 4.450, referente a uma compra realizada em Franca (SP). Posteriormente, a vítima pesquisou sobre a compra, a qual desconhece, e constatou que tivera o nome usado para aquisição de um celular.

Na manhã de segunda-feira, 10, um aposentado de 73 anos esteve na DC informando que, na quinta-feira, 6, estivera em uma agência da Caixa Econômica Federal e, ao consultar o extrato bancário, percebera que havia uma transação de R$ 28 mil. Na sequência, a gerente da agência verificou que o valor era referente a um empréstimo, o qual o idoso não teria solicitado.

Ainda na segunda-feira, 10, no período da tarde, a DC recebeu um motorista de 51 anos relatando que, sete dias antes, recebera mensagem do Serasa sobre um empréstimo efetuado em nome dele.

O motorista disse à PC que, posteriormente, acessou o site do Serasa e pôde confirmar que realmente consta uma dívida no nome dele referente ao empréstimo. No entanto, a vítima garante que não solicitou nenhum empréstimo, tampouco recebeu o valor – que não foi informado no registro do boletim.


  • Gado de idoso acaba furtado 4 dias depois de ser comprado

Um aposentado de 65 anos teve três vacas de cortes furtadas, na noite de sábado, 8, da propriedade rural dele, em uma estrada que liga Tatuí a Alambari. O crime ocorreu apenas quatro dias após a vítima ter adquirido os animais.

Conforme relatado, o aposentado comprou as três vacas em um leilão, na terça-feira da semana passada, 4, e, no dia seguinte, deixou-as em uma área cercada dentro da propriedade rural dele.

Ainda segundo relatado, entre quarta-feira, 5, e sexta-feira, 7, o gado ainda estava no sítio do aposentado. Entretanto, na noite de sábado, 8, ele percebeu que os animais já não estavam mais no local. O idoso procurou pelo gado em toda propriedade e entornos, mas não o encontrou.

Posteriormente, conforme a proprietário, ele conversou com um homem que trabalha em um sítio próximo, como caseiro, o qual confessou que havia prendido o gado em um curral. Contudo, o caseiro disse ter sido abordado e coagido a colocar as vacas em um caminhão vermelho, o qual deixou o local em direção a Alambari.


  • PM detém dupla com centenas de pinos de cocaína na SP-127

Um desempregado de 22 anos e um autônomo de 27 foram presos pela Polícia Militar, na tarde de segunda-feira, 10, na rodovia Antonio Romano Schincariol, a SP-127. Com a dupla, a corporação apreendeu centenas de porções de cocaína, celulares e dinheiro.

De acordo com a PM, por volta das 16h, uma equipe trafegava pela rodovia quando os policiais suspeitaram de um carro importado, da marca Lifan, modelo 530 1.5, com placas de Laranjal Paulista, ocupado por três pessoas.

O veículo, segundo a PM, foi abordado no quilômetro 118 e, em busca pessoal, os agentes encontraram 15 papelotes de cocaína na jaqueta do sujeito de 22 anos e a quantia de R$ 490 com o autônomo. Dentro de uma mochila, ao lado do autônomo, ainda foram encontrados 200 pinos de cocaína, 44 porções da mesma droga e quatro celulares.

Conforme o boletim de ocorrência, o desempregado e o autônomo, identificados como Alan Machado Siviliano e Gustavo Henrique da Silva, respectivamente, foram encaminhados ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto” e, depois, à Central de Flagrantes, onde ficaram detidos à disposição da Justiça. O motorista do carro foi liberado.

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome