Notas policiais

634
  • Casal tem carro importado e celular levados saindo de bar

Um casal de namorados acabou vítima de roubo, na madrugada de sábado, 11, no Parque Industrial Tatuí. O crime aconteceu quando as vítimas estavam deixando um bar. Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia Central ainda durante a madrugada.

Conforme o documento, o casal havia deixado o veículo importado, da marca Hyundai, modelo Veloster, estacionado na rua Júlia de Melo Machado para ir ao estabelecimento. Contudo, no momento da saída, o casal foi surpreendido por três homens “com capuzes e máscaras”, sendo que um deles estava armado.

O trio de criminosos, de acordo com o boletim de ocorrência, “em uma ação rápida”, exigiu a entrega do carro e ainda roubou um dos celulares do casal, fugindo em seguida.


  • Mulher transfere R$ 8.000 a golpista que fingia ser filha

Uma aposentada de 65 anos, morador do bairro Doutor Laurindo, caiu em golpe ao acreditar estar ajudando financeiramente a filha. Um estelionatário fingiu ser a filha da vítima para enganá-la e embolsou mais de R$ 8.000. O caso aconteceu na manhã de sexta-feira, 10.

Conforme relatado pela aposentada, por volta das 10h, ela recebeu mensagem, via WhatsApp, de um número desconhecido, porém, acreditou que seria a filha por estar com uma foto dela.

Na mensagem, segundo relatado, a suposta filha pediu para que a aposentada lhe enviasse R$ 1.980. Cerca de uma hora depois, ela pediu mais R$ 3.600 e, por volta das 13h, solicitou a terceira transferência, no valor de R$ 2.650.

Posteriormente, conforme o boletim de ocorrência, o estelionatário enviou mais uma mensagem, mas, por achar estranho, a aposentada não respondeu. Na sequência, ela telefonou e contou o ocorrido para a filha, sendo informada de que se tratava de golpe.

A aposentada disse à PC que fora até uma agência bancária e, então, tivera orientação de registrar a ocorrência e retornar com uma cópia do documento. Na Delegacia Central, a vítima apresentou cópia das conversas, os comprovantes e as contas que receberam cada transferência.


  • Condutor de carro falece em acidente na ‘Castello Branco’

Um motorista de 48 anos, identificado como Edson de Souza Correa, morador de Osasco, na região metropolitana de São Paulo, faleceu em acidente na madrugada de segunda-feira, 13, no quilometro 129 da rodovia Castello Branco (SP-280).

De acordo com o boletim de ocorrência, por volta da 1h50, uma equipe da Polícia Militar Rodoviária foi acionada para atender ao acidente. No local, os agentes constataram que o veículo, um Ômega GL, conduzido por Correa, colidira com a traseira de um caminhão.

Conforme o boletim, o motorista do veículo pesado prestou socorro à vítima, entretanto, ela acabou falecendo em uma unidade hospitalar de Tatuí. O veículo de Correa e o tacógrafo do caminhão foram apreendidos.

Ainda de acordo com o BO, o motorista do caminhão realizou o teste do “bafômetro”, sendo o resultado “zero”. Por prestar socorro e a inexistência de embriaguez ao volante, o delegado plantonista determinou o registro da ocorrência para instauração de inquérito policial.


  • Ex-companheiro esfaqueia mulher em templo religioso

Uma auxiliar de serviços gerais de 25 anos teria sido esfaqueada pelo ex-marido na noite de domingo, por volta das 19h50, no Jardim Módena. O acusado conseguiu fugir. Um boletim de ocorrência de tentativa de feminicídio foi registrado na Delegacia Central por policiais militares.

Conforme a corporação, uma equipe foi acionada para atender à ocorrência no templo religioso, na rua 15 de Novembro. No local, os policiais constataram que a auxiliar havia sido golpeada pelo ex-marido com uma faca, o qual, em seguida, fugiu do local.

A vítima, segundo a PM, foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhada ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto”, onde permaneceu em observação para realização de exames. Ela teria sofrido uma lesão na região epigástrica.

De acordo com o boletim de ocorrência, o ex-marido não foi localizado, mas em nome dele há registros de três casos de violência doméstica neste ano, sendo duas ocorrências na Delegacia de Defesa da Mulher e uma na Delegacia Central.

Ainda segundo o BO, a faca de cozinha com o cabo quebrado e lâmina de 17 centímetros, utilizada pelo agressor, foi apresentada por populares e, posteriormente, apreendida.