Notas policiais

36
  • Duas pessoas são vítimas de golpe ao tentar ajudar amiga

Duas pessoas (uma mulher de 41 anos e um ajudante de pedreiro de 44) procuraram a Delegacia Central, na tarde de segunda-feira, 26, informando terem sido vítimas de um golpe por meio do WhatsApp.

Em boletim de ocorrência, os dois declaram ter recebido mensagens, envidas do telefone de uma amiga chamada “Cristiane”, a qual pedia dinheiro emprestado. Tentando ajudar, eles realizaram depósitos, via “Pix”, de R$ 720 e R$ 113 em uma conta no nome de “Karina Santos da Silva”.

Contudo, após mensagens insistentes pedindo mais dinheiro, as vítimas desconfiaram e ligaram para a amiga, a qual informou que criminosos haviam clonado o WhatsApp dela e estavam fazendo-se passar por ela para pedir os empréstimos.


  • Bolo, refrigerante e bala são furtados de padaria no ‘JP’

Uma padaria localizada no Jardim Paulista foi invadida e furtada na madrugada de sexta-feira da semana passada, 16. A proprietária acionou a Polícia Militar na data do crime para registrar a ocorrência, porém, o documento foi formalizado na Polícia Civil na tarde de segunda-feira, 26.

Conforme declarado pela vítima, em boletim de ocorrência da Polícia Militar, um vizinho do estabelecimento viu um homem (não identificado) arrobar a porta da padaria, usando um pedaço de madeira.

O boletim não informa se a testemunha viu o homem sair com os itens, contudo, descreve que, após a invasão, a proprietária compareceu no comércio e notou a falta de um pote de balas, um bolo e um litro de refrigerante.


  • Dois procurados pela Justiça são presos em menos de 2h

Duas pessoas tidas como procuradas pela Justiça foram presas em Tatuí, na segunda-feira, 26, em menos de duas horas. As prisões ocorreram durante patrulhamento da Polícia Militar, na vila Dr. Laurindo e no Jardim Perdizes.

A primeira prisão aconteceu por volta das 20h, quando uma equipe da PM recebeu informações de que uma mulher procurada pela Justiça estaria residindo na rua Engrácia Soares Fogaça.

No endereço, os militares encontraram Karina Domingues, de 25 anos. Contra a jovem, havia um mandado de prisão da 2ª Vara Criminal da Comarca de Tatuí, válido até 13 de julho de 2032.

Cerca de duas horas depois, na vila Dr. Laurindo, a PM encontrou João Henrique Correa, de 37 anos. Segundo os militares, o homem estava em “atitude suspeita” e, durante abordagem, em pesquisa no sistema judicial, constaram que o suspeito era procurado.

Contra o homem havia um mandado de prisão expedido pela 3ª Vara Criminal da Comarca de São Vicente, válido até 8 de dezembro de 2028. O crime cometido não foi revelado.

Os dois foram encaminhados ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto”, para exames de praxe, e, posteriormente, à Delegacia Central, onde permaneceram à disposição da Justiça.


  • Homem é detido acusado de furtar 4 comércios no centro

Um jovem de 28 anos foi preso, na tarde de segunda-feira, 26, acusado de invadir e furtar estabelecimentos comerciais da área central durante a madrugada, sendo um petshop, uma padaria, uma drogaria e uma pizzaria.

Conforme o boletim de ocorrência, o suspeito foi encontrado por uma equipe da Guarda Civil Municipal, durante investigações iniciadas a partir do registro dos furtos, os quais relatavam invasão do comércio e sumiço de dinheiro do caixa.

Com imagens obtidas em um dos estabelecidos, os guardas identificaram três suspeitos, contudo, apenas um foi encontrado. O homem carregava R$ 120 em dinheiro e teria confessado os furtos.

O suspeito ainda teria relatado que usara parte dos valores furtados para comprar drogas – juntos, os estabelecimentos declararam quase R$ 600 levados.  Com ele, além do dinheiro, a GCM apreendeu uma blusa nova, que teria sido usada durante os furtos.

O acusado, Wagner Felipe Figueiredo, foi encaminhado à Delegacia Central, onde prestou depoimentos e permaneceu detido, à disposição da Justiça. Quatro boletins de ocorrência por furto qualificado foram registrados.


  • Comerciante tem automóvel furtado na Cônego Demétrio

Um comerciante de 56 anos teve o automóvel dele furtado na segunda-feira, 26, na área central. A vítima procurou a Polícia Civil no período da tarde, para registrar a ocorrência do furto.

Conforme relatado, o homem estacionou o veículo na rua Cônego Demétrio, na área central, por volta das 9h, para trabalhar e, quando retornou, por volta das 17h, percebeu que haviam furtado o carro.

À PC, a vítima informou não ter sistema de monitoramento no local. O comerciante ainda disse não haver testemunhas do crime e não apontou suspeito. O veículo é um Fiat Strada, de cor branca, com placas de Tatuí.