Notas policiais

1129
  • Foragido da Justiça termina preso ao praticar novo furto

A Guarda Civil Municipal prendeu um carpinteiro de 39 anos, no início da tarde de terça-feira, 25, suspeito de tentar furtar uma cerâmica desativada, próxima ao Jardim Gramado. O sujeito estava foragido da Justiça por um furto que cometera em março do ano passado.

Conforme a GCM, uma guarnição fazia patrulhamento quando foi acionada para atender à ocorrência. No local, o gerente da cerâmica informou aos agentes que dois indivíduos haviam tentado furtar cabos elétricos do escritório, mas fugiram, deixando uma ferramenta no local.

Em buscas pelas proximidades, segundo a GCM, os guardas conseguiram capturar um dos acusados. Questionado, o homem negou o crime, no entanto, foi reconhecido pelo gerente da cerâmica. O outro suspeito não foi localizado.

O carpinteiro recebeu voz de prisão, sendo levado ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto” antes de ser apresentado à Central de Flagrantes. Lá, teve a voz de prisão ratificada, permanecendo à disposição da Justiça.


  • Vítima se tranca no banheiro enquanto imóvel é invadido

Um ajudante de 38 anos foi preso, no início da tarde de terça-feira, 25, às 12h08, suspeito de tentar furtar uma residência no alto do Santa Cruz. Durante a tentativa de invasão ao imóvel, uma jovem de 18 anos, moradora do local, trancou-se no banheiro.

De acordo com a Polícia Militar, quando a equipe chegou ao endereço, o suspeito já havia ido embora, mas a vítima informou as características dele. Os policiais realizaram patrulhamento pelo bairro e, pouco depois, encontraram um sujeito com as características denunciadas.

Durante abordagem pessoal, segundo a corporação, os agentes encontraram chaves de fenda Philips, um alicate e dois metros de fio de cobre, os quais o suspeito disse tê-los achado em uma caçamba. Pouco depois, os policiais mostraram uma foto do acusado e a vítima o reconheceu.

Posteriormente, o indivíduo foi encaminhado ao Pronto-Socorro e, depois, à Delegacia Central. O delegado determinou a elaboração auto de prisão em flagrante delito do ajudante.


  • GCM apreende adolescente acusado de tráfico de drogas

Um adolescente de 17 anos acabou capturado, na tarde de quarta-feira, 26, acusado de tráfico de entorpecentes no Jardins de Tatuí. Entre os itens apreendidos, a Guarda Civil Municipal recolheu porções de maconha e cocaína, além de dinheiro.

Segundo a GCM, por volta das 12h40, uma viatura fazia patrulhamento pelo bairro quando, na rua José Orsi, os agentes avistaram o adolescente, “já conhecido dos meios policiais”, entregando algo a dois homens dentro de um veículo estacionado.

Após abordagem e revista pessoal, segundo a GCM, nada de ilícito foi encontrado com os três indivíduos. Entretanto, os guardas observaram no chão, próximo ao automóvel, três porções de cocaína.

Questionado, de acordo com a corporação, o adolescente negou a venda de entorpecentes. Contudo, os dois ocupantes do veículo confessaram aos agentes que estavam no local somente para comprar drogas com o adolescente.

Posteriormente, conforme o boletim de ocorrência, os guardas realizaram buscas na residência do adolescente, encontrando mais 21 porções de cocaína, uma de maconha, um rolo de plástico usado, um celular e R$ 247.

Após ouvir separadamente os envolvidos na PC, o delegado determinou a apreensão do adolescente, enquanto os dois homens foram liberados.


  • Ladrões furtam quase R$ 10 mil em itens de veterinário

Um veterinário teve centenas de medicamentos e acessórios furtados da caminhonete dele, na madrugada de quinta-feira, 27, na área central. Através de câmeras de segurança, a vítima pôde ver dois homens levando os itens da carroceria do veículo. O crime foi informado pela manhã, no plantão policial.

Conforme relatado, por volta das 21h, o veterinário estacionou o veículo em frente à casa dele. Na caminhonete, guardava todos os medicamentos e acessórios que utilizava para prestar atendimentos em domicílios.

Segundo o boletim de ocorrência, por volta das 1h30, dois bandidos abriram a carroceria da caminhonete e subtraíram todos os itens, incluindo luvas, seringas, agulhas, cateteres, pistola de vacinação, caixas de material cirúrgico e remédios, totalizando prejuízo de mais de R$ 9.500.

O veterinário disse à PC que a caminhonete não sofreu nenhum dado. Ele relatou que, excepcionalmente, naquela noite havia deixado o veículo na rua, esquecendo-se de retirar os objetos da carroceria.


  • Homem sofre extorsão após trocar fotos íntimas no celular

Um mediador de 38 anos compareceu à Delegacia Central, na tarde de quinta-feira, 27, relatando estar sendo vítima de extorsão. Um homem desconhecido estaria pedindo dinheiro para não divulgar fotos íntimas do mediador enviadas em uma conversa por um aplicativo de mensagens.

Segundo relatado, no domingo, 23, através de solicitação feita pelo Facebook, o mediador começou a conversar com uma mulher. Na sequência, através do WhatsApp, eles começaram a trocar fotos íntimas.

Na quarta-feira, 26, o mediador teria começado a receber mensagens e ligações insistentes de um homem desconhecido, o qual afirmava ser pai da mulher e que ela seria menor de idade.

O sujeito teria exigido o pagamento de R$ 7.000 para não comunicar o ocorrido à polícia e divulgar as conversas nas redes sociais do mediador.

O homem desconhecido teria continuado ameaçando publicar o conteúdo aos amigos do mediador para “denegrir a imagem dele”.

O sujeito teria dito que informaria a conta no momento do pagamento, mas, até o registro do boletim de ocorrência, o mediador não havia recebido os dados bancários.