Notas Policiais

482
  • Adolescente apreendido jura ter encontrado entorpecentes

Um adolescente de 12 anos foi apreendido, na manhã de quarta-feira, 17, por volta das 9h40, suspeito de tráfico de drogas na vila Esperança. Com o garoto, a Guarda Civil Municipal encontrou porções de maconha e dinheiro.

Conforme a GCM, uma equipe fazia patrulhamento pelo bairro quando, pela rua Florindo Antunes Machado, os agentes observaram um indivíduo ter ficado “nervoso” com a presença da guarnição.

O adolescente foi abordado e, segundo a GCM, durante busca pessoal, os guardas localizaram 14 poções de maconha e R$ 119. Em seguida, o suspeito negou o tráfico, alegando ter achado os entorpecentes.

De acordo com a GCM, ele foi apresentado na Delegacia Central e, durante interrogatório, reafirmou ter encontrado as drogas, afirmando que iria jogá-las fora.

Sobre o dinheiro, o adolescente garantiu que pertenceria à mãe dele. O delegado determinou a apreensão do acusado pelo crime de ato infracional de tráfico de drogas.


  • Bandidos rendem família em roubo ocorrido na Nova Tatuí

Uma residência localizada no bairro Nova Tatuí foi invadida por criminosos na manhã de quarta-feira, 17. Os bandidos renderam as vítimas e as prenderam em um cômodo, enquanto subtraíram diversos pertences e fugiram do local.

Segundo relatado, quando deixaria o imóvel, por volta das 8h30, o casal que reside no local acabou abordado por três indivíduos armados com revólveres e pistolas, os quais haviam saído de um Fiat Siena escuro.

Conforme o boletim de ocorrência, o morador teve de ficar sentado na sala, com as mãos presas por fitas adesivas, enquanto a esposa e a filha dele, além da faxineira, permaneceram na sala de jantar, sendo observadas por um dos bandidos, enquanto os outros criminosos reviravam a casa.

De acordo com o boletim, os ladrões questionaram as vítimas sobre um suposto cofre. Após cerca de 20 minutos, os bandidos trancaram as vítimas na área de serviço e fugiram, levando um notebook, um videogame, uma pistola de “air soft”, três relógios e R$ 6.000.

Pouco depois, segundo o BO, o morador conseguiu sair da área de serviço por uma janela e acionou a Polícia Militar. As vítimas disseram aos agentes que não sofreram agressões e ainda informaram haver um quarto sujeito aguardando no veículo para o grupo fugir.


  • Jovem tenta furtar salame de mercado para ‘alimentar-se’

A Guarda Civil Municipal deteve um homem de 27 anos, acusado de tentar furtar um supermercado, situado na área central, no fim da tarde de quarta-feira, 17. Na Delegacia Civil, o suspeito alegou que tentava furtar duas peças de salame “para alimentar-se”.

De acordo com o fiscal de segurança do estabelecimento comercial, às 17h25, durante uma das rondas de rotina, ele teria notado o homem em “atitude suspeita”. Na sequência, o fiscal teria presenciado quando o sujeito escondia duas peças de salame, avaliadas em R$ 96, dentro da roupa.

O fiscal, segundo o boletim de ocorrência, informou o ocorrido ao líder dele, via rádio, o qual passou a acompanhar o acusado pelo sistema de segurança do supermercado.

O suspeito foi abordado quando tentava deixar o estabelecimento sem pagar pelos produtos, e uma equipe da GCM acabou acionada.

Conforme o boletim, os guardas levaram o homem ao plantão policial e, durante interrogatório, ele confirmou que tentara furtar as peças de salame, mas justificou que estava com fome e pretendia alimentar-se.

Ainda durante o interrogatório, de acordo com o BO, o suspeito garantiu estar arrependido e que não pretendia voltar a furtar.

Ele informou ser morador de rua e sobreviver de doações e pequenos serviços que faz como pedreiro. O delegado liberou o homem, determinando o registro da ocorrência para abertura de inquérito.


  • Criminosos armados roubam 9 bois em propriedade rural

Uma propriedade rural, situada em uma estrada vicinal que liga Tatuí a Alambari, acabou invadida por homens armados na manhã de quinta-feira, 18. Com um caminhão, os bandidos subtraíram nove bois da raça angus.

Conforme relatado pelo dono da propriedade, por volta das 7h, ele estava indo cuidar do gado, a 30 metros da casa, quando foi abordado por quatro sujeitos, armados com revolveres e pistolas, que estavam escondidos dentro do pomar.

Os bandidos teriam tomado o celular do agricultor e exigido que ele aguardasse a chegada do funcionário que o ajuda a cuidar do gado. Pouco depois, dois ladrões ficaram com o agricultor, enquanto os outros dois levaram o funcionário para desprender o gado.

Posteriormente, os criminosos retornaram para a casa, onde teriam ligado para um outro sujeito, avisando que poderia ir buscá-los. Um caminhão chegou na propriedade e os ladrões embarcaram as nove cabeças mais pesadas, deixando outras oito presas.

A vítima disse à PC que o caminhão deixou a propriedade no sentido a Tatuí, enquanto três bandidos foram embora em um carro. Um dos ladrões ainda permaneceu no local por uma hora, até um sujeito ir buscá-lo de motocicleta.