Notas policiais

1463
  • Motorista embriagado bate o carro em poste na rod. SP-127

Um motorista de 23 anos foi preso, na tarde de terça-feira, 23, após bater o carro em um poste na rodovia SP-127. O rapaz estaria dirigindo embriagado e teria dito à Polícia Militar que tentara desviar de um cachorro na pista

Conforme o boletim de ocorrência registrado na Delegacia Central, a PM foi acionada para atender à ocorrência de um acidente de trânsito no quilômetro 112 da rodovia. No local, o motorista teria informado aos agentes que, ao tentar desviar do animal, perdera o controle da direção e acabara colidindo.

Ainda segundo o BO, havia suspeita de que o jovem estava embriagado, já que ele estaria com os olhos avermelhados, fala “pastosa” e andar cambaleante. Com isso, os militares solicitaram o exame do “bafômetro”, sendo que o resultado teria comprovado a suspeita.

Na sequência, o motorista foi encaminhado à Delegacia Central, onde permaneceu à disposição da Justiça.


  • Ladrões “saqueiam” chácaras e casas do Jardim Gramado

Um morador do Jardim Gramado esteve na Delegacia Central, na tarde de sábado, 30, relatando que tivera a chácara furtada na noite de sexta-feira, 29, e que outras casas vizinhas haviam sido invadidas na mesma semana.

Conforme o BO, a vítima informa que um desconhecido teria entrado no imóvel após serrar as grades de proteção de uma das janelas. Um secador de cabelos Taiff, um liquidificador Arno, uma mangueira de jardim, 150 metros de fios elétricos e um saco com diversas peças de roupa foram levadas.

O morador terminou informando que, durante a semana, pelo menos duas outras chácaras haviam sido invadidas e furtadas no bairro. Ele não apontou suspeito e nem testemunhas.


  • Casa e móveis são destruídos por incêndio no “Mantovani”

Uma auxiliar de contabilidade perdeu quase tudo o que tinha em um incêndio na casa onde mora, no Jardim Montovani, no sábado, 30. A moradora procurou o plantão da PC na tarde do mesmo dia para registrar a ocorrência.

Conforme relatado, a moradora estava fora da cidade, em casa de parentes, quando recebeu um telefonema informando que a casa dela estava em chamas. Ao retornar para Tatuí, a mulher teria encontrado a casa consumida pelo incêndio, assim como quase todos os objetos que estavam no imóvel.

De acordo com o boletim, a moradia era alugada e a proprietária do imóvel – que mora em uma casa vizinha – teria presenciado o fogo e acompanhado a ação dos bombeiros e da Polícia Militar.

Uma equipe de perícia do Instituto de Criminalística de Itapetininga esteve no local, porém, ainda segundo o BO, não foram identificados suspeitos.


  • Garota de 12 anos acusa rapaz de 18 por estupro em forró

Uma menina de 12 anos teria sido estuprada após ter ido a um forró, na madrugada do sábado, 16 de junho. Ela estaria acompanhada da mãe, que teria permitido que ela “saísse” com um rapaz de 18 anos. A avó da garota registrou o crime na noite de sábado, 30 de junho, no plantão da PC.

Conforme relatado, a garota e a mãe estavam em um bar quando o rapaz se aproximou dizendo que queria “ficar” com a menina. A mãe da jovem teria permitido e, posteriormente, acompanhado os dois até o estacionamento do local.

A vítima relata que entrou em um carro com o jovem e que teria sido forçada a fazer sexo com ele, enquanto a mãe mantinha relações sexuais com um desconhecido, no mesmo veículo.

Antes de entrar no carro, contudo, a mulher teria aconselhando o rapaz a usar preservativo, caso quisesse fazer “alguma coisa” com a filha dela.

Em seguida, por volta das 6h, os casais saíram do estabelecimento e deixaram os dois homens em uma rua do bairro Tanquinho, momento em que a menina teria percebido que estava com sangramento vaginal.

Ainda segundo o BO, a mãe teria dito que o sangramento era “normal” e pedido para que a garota não contasse a ninguém o que acontecera no carro. A adolescente não soube dizer o que o rapaz fez com ela, somente relatou que sentia dores.

A avó descobriu o crime depois que a neta teria comentado com uma prima e com o pai, momento em que decidiu manter a garota com ela. Na delegacia, a PC pediu exame de conjunção carnal e investiga o crime.


  • Mototaxista deixa moto com  chave no contato e é furtado

Um mototaxista de 23 anos teve a moto furtada, na madrugada de sábado, 30, em um posto de combustíveis no centro da cidade. A vítima informou o crime à PC na manhã do mesmo dia.

Conforme relatado, o jovem deixou a motocicleta estacionada, para ir ao banheiro, por cerca de dois minutos e, quando retornou, o veículo havia desaparecido.

Além da moto – que, segundo o proprietário, estava com a chave no “contato” -, uma bolsa tipo “pochete” com documentos pessoais e o colete da agência de mototáxi foram levados