Notas policiais

1877
  • Irmão espancado na vila São Paulo morre na Santa Casa

Um dos irmãos vítimas de espancamento em uma casa da vila São Paulo, na semana retrasada, morreu na Santa Casa de Misericórdia na madrugada de quinta-feira, 15. O pedreiro Márcio Foster, 47, passou nove dias internado no hospital, com traumatismo craniano, e faleceu às 2h45.

Foster foi encontrado desmaiado, com sinais de agressão e ferimentos graves na cabeça, na manhã de quarta-feira, 7, na casa do irmão mais novo. A Polícia Militar foi acionada e a vítima, socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Conforme um irmão de Foster havia informado a PC, a casa já havia sido invadida no dia anterior. Na ocasião, segundo o relato, o proprietário da casa foi agredido com socos e pauladas enquanto dormia. Ele teve ferimentos leves e precisou levar 13 pontos na cabeça.

As causas da agressão ainda estão sendo investigadas pela Polícia Civil.


  • Motociclista fica com o dedo “trincado” ao bater em carro

Um motociclista de 35 anos teve o dedo mínimo “trincado”, na tarde de quarta-feira, 14, após colidir com um carro no bairro Guaxingu. A ocorrência foi informada pela vítima na tarde de quinta-feira, 15, no plantão da Polícia Civil.

Conforme relatado, o motociclista transitava pela estrada Júlio Garcia, em uma Honda CG FAN, quando, perto de uma curva, o motorista de um Fiat Uno, que vinha no sentido contrário, tentou desviar de um buraco e acabou batendo com o retrovisor no “dedinho” da mão esquerda da vítima.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima foi até o Pronto-Socorro “Erasmo Peixoto”, onde teve o dedo mínimo imobilizado.


  • Objetos pessoais são levados de quarto de hotel na quinta

Objetos de uso pessoal e mais de R$ 400 em dinheiro foram levados de um quarto de hotel, na manhã de quinta-feira, 15. No estabelecimento, estavam hospedados os funcionários de uma empreiteira responsável pelas obras de outro hotel. Quatro pintores foram vítimas do furto.

O crime foi informado à PC, algumas horas depois do ocorrido, pelo empresário responsável pela construtora, que também havia acionado a Polícia Militar.

Conforme relatado pelo empresário, as vítimas saíram do quarto por volta das 7h, para trabalhar, e, minutos depois, foram informadas, pelos funcionários do hotel, que o quarto em que estavam hospedados havia sido invadido.

Através das câmeras de segurança de uma residência vizinha, foi possível ver que um homem saíra do estabelecimento, às 7h50, carregando uma mochila em direção centro-bairro, porém, não foi possível identificar o invasor.

De acordo com o boletim de ocorrência, em rápida avaliação feita pelas próprias vítimas, constatou-se prejuízo de mais R$ 4.000 em roupas, sapatos, acessórios e produtos de higiene pessoal.


  • Chácara tem janela arrombada e itens furtados no J. Gramado

A chácara de uma comerciante foi invadida e furtada na manhã de quinta-feira, 15, no Jardim Gramado. O crime foi informado algumas horas depois, quando a vítima procurou o plantão da PC.

A vítima relata que, durante a manhã, foi até a chácara e percebeu que a janela estava arrombada e o local, todo “bagunçado”.

Um ferro de passar roupa, um televisor, um tanquinho elétrico de lavar roupas, um aparelho de som, um som automotivo completo, roupas e calçados femininos foram levados.

Eletrodomésticos são furtados de casa no residencial Astória

Uma casa foi furtada, na tarde de quinta-feira, 15, no residencial Astória. De acordo com boletim de ocorrência, a vítima estava viajando quando recebeu ligação de vizinhos informando que a casa estava arrombada.

A vítima relatou à PC que, quando voltou, notou que duas portas que dão acesso à cozinha estavam arrombadas. Um forno elétrico, um forno de micro-ondas e um televisor foram levados.