Notas policiais

680
  • Cidadão é detido acusado de furtar igreja na vila Primavera

A Polícia Militar prendeu um mecânico de 36 anos, na terça-feira, 31 de outubro, acusado de arrombar e tentar o furto de objetos de uma igreja presbiteriana na vila Primavera. Os policiais souberam do furto em andamento por meio de denúncia de vizinhos.

No local, souberam que dois supostos ladrões haviam fugido pulando um muro nos fundos da igreja. Com reforço, os policiais fizeram cerco ao local e flagraram um suspeito pulando outro muro, em uma rua próxima.

Ele tentou fugir dos policiais, mas acabou rendido. No momento da abordagem, teria chutado o braço de um sargento da PM. Por isso, o mecânico responderá por resistência e tentativa de furto qualificado. Não foram localizados objetos da igreja com o acusado.


  • Lavrador preso com 60 pedras de crack no Jardim Perdizes

Guardas civis municipais flagraram um lavrador de 26 anos com 60 pedras de crack na rua Lázara de Camargo, no Jardim Perdizes. A prisão aconteceu na noite de terça-feira, 31 de outubro, durante patrulhamento de rotina.

Conforme os guardas, o local já é conhecido como ponto de venda de drogas. Rodrigo da Silva Marcolino estava na rua e teria tentado fugir ao ver a viatura.

Depois da captura, os guardas fizeram revista pessoal e encontraram duas bolsas plásticas, cada uma com 30 pedras de crack, além de R$ 80.

De acordo com o boletim de ocorrência, o lavrador ofereceu “muita resistência” à prisão. Os guardas relataram que ele já é conhecido por causa do envolvimento com o tráfico e que já fora preso anteriormente por esse motivo. O delegado de plantão confirmou a prisão em flagrante.


  • Estudante adianta R$ 900 para comprar ‘game’ e sofre golpe

Um estudante de 17 anos, morador do Parque Três Marias, procurou a Delegacia de Polícia para registrar boletim de ocorrência de estelionato, após a tentativa de compra pela internet. Ele disse que depositara R$ 900 para comprar um videogame por um site que intermedia vendas on-line.

A vítima chegou a fazer contato com o falso vendedor. Na página do site, o golpista estaria constando como morador de Sorocaba. Contudo, depois, a vítima descobriu que o falso vendedor mora em outra cidade.

O golpista teria enviado fotos do videogame sendo embalado e postado nos Correios. Contudo, depois do depósito de R$ 900, ele avisou tratar-se de um golpe.


  • Golpe com carro provoca um prejuízo de 2.980 a advogado

Um advogado de mais de 70 anos caiu no golpe do carro quebrado, na manhã de terça-feira, 31 de outubro. A vítima conta que recebera um telefonema em que uma pessoa se identificava com o nome de um amigo.

O suposto amigo dizia que estava com o carro quebrado, na rodovia Castello Branco, e que precisava de um depósito bancário de R$ 1.500 para pagar por peças novas. O advogado fez o depósito em nome de Thaina Hilário da Silva.

No dia seguinte, a mesma pessoa telefonou, dizendo que havia mais problemas no carro e que seguia precisando de dinheiro. Dessa vez, o depósito totalizou R$ 1.480, em nome de Jaqueline Santos Ferreira.

A vítima descobriu o golpe quando telefonou para a casa do amigo e conversou com ele.


  • Guardas apreendem jovem de 16 anos com droga e dinheiro

Durante patrulhamento na vila São Lázaro, terça-feira, 31, guardas civis municipais apreenderam um jovem de 16 anos com porções de maconha e dinheiro. De acordo com o boletim de ocorrência, ele estava junto a um portão e correu ao ver a viatura.

Os guardas abordaram o adolescente e pediram que mostrasse o que tinha nas mãos. Em uma delas, ele tinha R$ 10 em dinheiro; na outra, três porções de maconha embaladas em plástico.

O jovem teria confessado a posse da droga e a prática do comércio. Os guardas entraram em contato com o tio dele, o qual permitiu que revistassem o interior da casa onde o adolescente mora.

Perante insistência dos guardas, o jovem teria confessado a existência de mais quatro porções de maconha, uma delas dentro de um sapato e três no quintal, além de mais R$ 240.

O adolescente teria relatado, ainda, que atua no comércio de entorpecentes há um mês. Ele foi apreendido e colocado à disposição da Vara da Infância e da Juventude.