Unidade de saúde do Enxovia tem reforma concluída na sexta

223
Publicidade





Patrícia Milão

Autoridades participaram de entrega oficial da obra na manhã do dia 9

 

A UBS (unidade básica de saúde) do bairro Enxovia foi entregue na sexta-feira, 9, após passar por reforma durante os meses de abril a junho. A solenidade teve presença do prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu, do secretário da Saúde, José Luiz Barusso, vereadores e demais secretários.

Inaugurada em 1990, a unidade não tinha passado por nenhuma reforma. Foram realizadas fiação elétrica, acessibilidade nos banheiros, troca de bidê, pia, torneiras, forro, pintura nas janelas, pintura na unidade e colocação de piso.

“É melhoria para a unidade e para a população. Estava precário o atendimento aqui. Nós estávamos com o forro descascando, caindo cupim, buracos nas janelas”, relatou a enfermeira responsável, Bruna de Almeida Tabosa.

Publicidade

Além da reforma física, a unidade, que possui 1.800 pacientes cadastrados, foi integrada ao sistema Data Health, tendo o serviço administrativo informatizado.
Para a conclusão total das mudanças previstas, as janelas deverão ser trocadas. “Num prazo de 15 dias, já deve estar com as novas”, disse Bruna.

Desde o mês de julho, a UBS Enxovia, assim como a dos outros bairros rurais – Congonhal, Mirandas e Americana – estão funcionando de segunda a sexta, durante seis horas. No Enxovia, o atendimento é das 7h às 13h.

“Para adequar ao horário de seis horas dos funcionários. Não havia necessidade de criar um novo turno ou deslocar funcionários para cobrir o período da tarde, pois era de pouca utilização”, explicou Barusso, sobre a mudança de horário das unidades rurais.

Segundo o secretário, um levantamento foi feito com essas unidades, em que se constatou que, geralmente, elas ficavam ociosas durante a tarde.
A carga horária dos funcionários da Secretaria da Saúde foi regulamentada pela lei municipal 14.218, de 28 de junho de 2013.

Segundo a enfermeira, as consultas sempre foram agendadas para o período da manhã e o atendimento estava reduzido até o meio-dia no período da reforma, sendo readequado ao novo funcionamento com a entrega da unidade.

O atendimento no bairro Enxovia fornece consultas com clínico-geral e ginecologista, além de atendimento com enfermeira e de auxiliar de saúde bucal. A unidade conta com três funcionárias fixas: enfermeira, recepcionista e serviços gerais.

“As consultas são marcadas para a semana seguinte à procura, não tem muita fila de espera”, comentou Barusso.
Outras unidades também passaram por reforma e foram entregues nos bairros Valinho, Mirandas e Congonhal.

Outras ainda estão em processo de reforma, como a UBS dos bairros São Cristovão, Doutor Laurindo, Rosa Garcia e vila Esperança.

Nas reformas já entregues e que estão em conclusão, o investimento passa dos R$ 720 mil, segundo informado pela assessoria da Prefeitura.

“Conseguimos dar uma melhora nas unidades. Algumas são bastante antigas de fundação e precisavam de uma readequação”, disse o secretário.
Barusso ressaltou, também, o pleito de novo recurso. Agora, para reformar a UBS central. A verba para esse fim é obtida por meio do Pmaq (Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica).

“É a única unidade para a qual não tinha sido pleiteado um valor para a reforma. Solicitamos na última abertura de crédito. Agora, estamos esperando a liberação desse recurso para começar a reforma”, contou.


Publicidade