Tatuí terá grupo de produtores rurais com selo orgânico fornecido pela OIA

Com a certificação, produtos podem ser vendidos em vários estabelecimentos

472
Trabalho de extensão rural reúne um grupo de 11 produtores municipais (foto: AI Prefeitura)
Publicidade

A prefeitura, por meio do Departamento de Fomento à Agricultura, da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, está desenvolvendo um trabalho de extensão rural, com um grupo de 11 produtores municipais, para a obtenção do Certificado Orgânico, fornecido pela OIA (Organização Internacional Agropecuária).

Com esse selo, cuja emissão é de responsabilidade do Ministério da Agricultura, os produtores poderão vender os produtos orgânicos para lanchonetes, restaurantes, supermercados, feiras e outros tipos de comércio.

De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, a iniciativa surgiu por meio do Programa Municipal de Boas Práticas Agrícolas “Alimento Saudável”, criado pela lei municipal 5.360, de 17 de junho de 2019, que tem como responsável o engenheiro agrônomo Leandro Cesar Lopes.

O programa tem como objetivo dar visibilidade a produtores que estão em fase de transição produtiva para o orgânico, ou que desenvolvem “uma produção mais natural e consciente”.

Como parte desse trabalho, produtores estão participando de palestras e capacitações. No dia 19 de julho, o grupo assistiu a uma palestra sobre a certificação de orgânicos, ministrada pela gerente comercial da Insuforte (Insumos Agrosustentáveis) de Itapetininga, Vânia Morandi, que os orientou sobre os processos de conformidade e apresentou-lhes os insumos orgânicos presentes no mercado.

Publicidade

 

Trabalho de extensão rural, reúne um grupo de 11 produtores municipais (foto: AI Prefeitura)

Publicidade