Tatuí tem 289 candidatos às eleições 2020

São quatro postulantes ao cargo Executivo e 281 buscando vaga para o Legislativo

5784
Conforme os dados do Tribunal Superior Eleitoral terá 16,5 candidatos por vaga do legislativo
Publicidade
Da reportagem

Tatuí conta com 289 candidatos aos cargos de vereador, vice-prefeito e prefeito para as eleições municipais deste domingo, 15. Do total, 281 buscam vaga na Câmara Municipal e oito aos cargos Executivo, sendo quatro candidatos a prefeito e quatro vices.

Conforme os dados disponibilizados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), neste ano, Tatuí possui 16,5 candidatos para cada uma das vagas do Legislativo, considerando-se o total de 281 postulantes às 17 cadeiras a serem preenchidas.

O número de candidaturas é 3,34% menor que o das eleições de 2016, quando 299 candidatos, entre deferidos e indeferidos, tentaram concorrer às vagas na Câmara e na Prefeitura.

Do total de registros deste ano, 198 são homens (68%) e 93, mulheres (32%). Para a Prefeitura, o TSE mostrava oito candidatos, todos com pedidos de registros deferidos, sendo quatro a prefeito e quatro a vice.

Disputam o Poder Executivo: Fátima Aparecida Rodrigues dos Santos de Campos (Professora Fátima – PT), Maria José Vieira de Camargo (Maria José Gonzaga – PSDB), Valdeci Proença (Podemos) e Wagner Rodrigues (Coronel Wagner – PP).

Publicidade

Respectivamente, eles têm como vice-prefeitos: Odailson Toth (Professor Toth – PT), Miguel Lopes Cardoso Júnior (Professor Miguel – MDB), Lúcia Maciel Aguiar (Doutora Lúcia – Podemos) e Nilton José Alves (Bispo Nilto – PRTB).

A maioria dos candidatos tem entre 40 e 44 anos (47). Os demais têm entre 50 e 54 anos (45), 45 e 49 (42), 55 e 59 (40), 35 e 39 (37), 30 e 34 (26), 60 e 64 (17), 25 e 29 (12), 65 e 69 (12), 70 e 74 (7), 21 a 24 (4), 75 e 79 (1) e 19 anos (1).

Entre os que tentam a Câmara e a Prefeitura, 98 têm ensino médio completo (33,68%), 87 possuem ensino superior completo (29,9%), 40 não concluíram o fundamental (13,75%), 27 têm o ensino fundamental completo (9,28%), 18 não concluíram o ensino médio (6,19%), 15 não concluíram o ensino superior (6,19%) e seis leem e escrevem (2,06%).

Quanto às ocupações, os candidatos se dividem entre: 38 servidores públicos municipais (13,06%), 19 aposentados (exceto servidor público, 6,53%), 17 empresários (5,84%), 12 comerciantes (4,12%), 11 professores de ensino fundamental (3,78%), 7 cabeleireiros e barbeiros (2,41%) e 90 de outras profissões (30,93%).

O Podemos e o PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) são os que possuem mais candidatos. São 27 pessoas pleiteando vagas neste domingo. Em seguida, aparece o PSB (Socialismo e Liberdade), com 26 candidatos, e o PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro), com 25.

Pelo MDB (Movimento Democrático Brasileiro), 24 estão na disputa e pelo Progressista, 23. As siglas PDT (Partido Democrático Trabalhista), PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) e PT (Partido dos Trabalhadores) contam com 22 postulantes cada.

Já o PSD (Partido Social Democrático) e o Republicanos vão disputar as eleições com 21 candidatos cada.Em seguida, aparecem os partidos: Cidadania, com 18, e PSL (Partido Social Liberal), com 13.

A novidade deste ano é que as coligações partidárias para a eleição de vereadores não são mais permitidas. Até a eleição passada, com a coligação atingindo o quociente eleitoral, os candidatos mais votados dentro dela ocupavam as vagas.

Para votar

Para a votação, o eleitor deverá escolher, na urna eletrônica, primeiro o candidato ao cargo de vereador. O próximo passo é selecionar o candidato ao cargo de prefeito.

Os concorrentes a uma vaga na Câmara são identificados por número de cinco dígitos e os candidatos ao cargo de prefeito são registrados na urna com dois dígitos.

O TSE disponibiliza um simulador de votação. Nele, é apresentada uma urna virtual semelhante à utilizada nas seções eleitorais, permitindo ao internauta “votar” para os cargos em disputa nas eleições municipais.

Na página, há uma lista de candidatos e partidos fictícios. Caso a pessoa erre durante o ensaio, o simulador mostra uma mensagem explicativa, apontando o erro e ensinando a como proceder corretamente.

Outra ferramenta para auxiliar o eleitor é a chamada “colinha”, um papel com os nomes e números dos candidatos em ordem de votação e que pode ser consultado no momento do voto.

Além disso, a lista completa com o nome e número dos candidatos a vereadores e perfil dos postulantes ao Executivo que concorrem às eleições no próximo domingo podem ser conferidas nesta edição.

Resultados

Os boletins de urna das eleições municipais começarão a ser emitidos a partir das 17h deste domingo. A partir desse horário, serão divulgados os resultados das votações para todos os cargos, incluindo os votos em branco, os nulos e as abstenções verificadas.

Até o dia 18 (três dias após o primeiro turno), o site oficial do TSE deve disponibilizar a opção de visualização dos boletins de urna recebidos para a totalização, assim como as tabelas de correspondências efetivadas, observado o horário de encerramento da totalização em cada município.

Publicidade