Tatuí atinge cem notificações por Covid-19

Índice de casos descartados é maior que o número de suspeitos e confirmados juntos

256
Publicidade
Siltec
Da reportagem

Nos últimos cinco dias, o quadro de notificações por coronavírus no município apresentou queda no número de suspeitos e aumento de casos descartados, conforme apontam relatórios diários emitidos pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica.

Segundo a VE, na terça-feira, 14, a cidade atingiu cem notificações por Covid-19. A mais recente foi registrada no período da manhã. O caso é de uma mulher de 52 anos, que estava em tratamento domiciliar com quadro estável. A paciente passou por exame e aguarda resultado.

Com isso, o aumento no índice de notificações foi de 8,7% nos últimos cinco dias, já que, na quinta-feira, 9 (data de fechamento da edição anterior), a cidade tinha 92 notificações da doença.

O índice de casos suspeitos passou de 41 para 32 pacientes, aguardando resultados dos testes. Já o número de casos descartados subiu de 40 para 55 no mesmo período, enquanto os positivos passaram de 11 para 13.

Na mesma quinta-feira, a VE informou que três pacientes estavam internados na Santa Casa de Misericórdia (um homem de 77 anos e um de 50 anos, em ala de isolamento, e uma mulher de 66 anos, na UTI) e outras duas pacientes em hospital particular (uma mulher de 35 anos, no isolamento e com quadro estável, e uma mulher de 67 anos, na UTI, inspirando cuidados).

Publicidade
Siltec

Já nesta terça-feira, até a divulgação do último boletim, por volta das 16h30, três pessoas estavam internadas em área de isolamento com suspeita da doença: dois homens, um de 64 e o de 77 anos, e uma mulher de 61 anos, na Santa Casa de Misericórdia. Os três tinham quadro estável.

Também havia as pacientes de 66 e 67 anos, com testes positivos para Covid-19, que permaneciam internadas em unidades de terapia intensiva, a mais nova na unidade pública “inspirando cuidados” e a outra, em hospital particular, com quadro grave.

Conforme a VE, com exceção das duas mulheres que permanecem internadas, os outros 11 pacientes que foram confirmados com a doença já voltaram às atividades diárias, após o devido tratamento.

Na manhã de sexta-feira, 10, a VE divulgou ter registrado três novas suspeitas da doença. Duas pacientes, de 26 e 39 anos, deram entrada na ala de isolamento da Santa Casa de Misericórdia, com quadro estável, e uma idosa de 87 anos foi internada em hospital particular.

No período da tarde, não foram notificados novos casos e o Instituto “Adolfo Lutz” encaminhou à cidade o resultado de um novo exame negativo para a doença. O teste era de uma mulher de 46 anos que fazia tratamento domiciliar.

Na manhã de sábado, 11, a primeira nota do órgão da Secretaria da Saúde informou uma nova notificação de Covid-19. Uma mulher de 76 anos deu entrada na ala de isolamento da Santa Casa, com quadro estável e suspeita da doença.

Na mesma nota, a VE apontou que seis casos suspeitos foram descartados, sendo de quatro homens (um deles, de 50 anos, estava internado na Santa Casa e deixou o isolamento) e duas mulheres.

Na tarde de sábado, a Secretaria de Saúde confirmou o 12o caso positivo, da mulher de 66 anos que estava internada na UTI da Santa Casa, e ainda apontou que dois casos suspeitos foram descartados: o teste de um rapaz de 15 anos e de uma mulher de 39 anos. Ambos estavam em tratamento domiciliar.

Na manhã de domingo, 12, a VE registrou uma nova suspeita e descartou cinco casos. A mulher de 61 anos (que permanecia internada até a tarde de terça-feira, 14) deu entrada na área de isolamento do hospital particular com suspeita da doença, e os testes deram negativo para três homens e duas mulheres (as idades não foram divulgadas).

O quadro permaneceu inalterado até a tarde de segunda-feira, 13, quando a VE comunicou o 13o caso positivo. O teste confirmado é de uma mulher de 32 anos que estava internada em São Paulo.

A VE não informou a data de realização do teste, mas ressaltou que, quando saiu o resultado do exame, a paciente já havia passado pelo período de isolamento e retornado ao convívio social.

O boletim ainda informou o registro de mais um caso suspeito e um novo teste negativo da doença. O caso descartado é da paciente de 87 anos que havia sido internada no hospital particular na sexta-feira, 10.

Já o novo caso suspeito é de um homem de 64 anos, que foi internado, em área de isolamento, na Santa Casa, com quadro de saúde estável.

De acordo com o vice-prefeito Luiz Paulo Ribeiro da Silva, os números estão dentro do esperado para a semana. Para ele, as medidas de prevenção determinadas pelo estado e seguidas pela prefeitura influenciaram no resultado e estão sendo positivas.

“Por enquanto, Tatuí está controlando bem a situação, e as medidas que a gente tomou têm tido resultado. Não tem muitos casos da doença, não tivemos nenhum óbito e tivemos muitos descartados. Tudo isso é porque a população aderiu às medidas de prevenção”, sustentou Luiz Paulo.

Por determinação do governo do estado, o período de quarentena em Tatuí também foi prorrogado até o dia 22. Conforme o governador informou em coletiva de imprensa, projeções apontavam que prolongar o distanciamento social pode evitar mais de 160 mil mortes em todo o estado.

“A prefeitura continua com todas as ações de prevenção. Agora, precisamos que a população também siga as instruções do Ministério da Saúde e do governo do estado, para evitarmos ao máximo a transmissão da doença”, acentuou Luiz Paulo.

“A gente entende que muitas pessoas precisam sair de casa, mas é importante lembrar que o isolamento é a melhor medida. O MS aponta que o pico da doença será entre maio e junho. Então, ainda temos mais uns dias para tomar cuidado. Não podemos baixar a guarda”, concluiu o vice-prefeito.

Publicidade
Siltec