Sesi apresenta mostra que objetiva conscientizar sobre posse de bichos

231
Publicidade





Campanha #adotei / divulgação

Giovanna Ewbank exibe cão em foto clicada para exposição

 

Conscientizar e sensibilizar a população sobre a posse responsável de animais. Este é o objetivo principal da mostra “#Adotei”, que chega a Tatuí por meio do Sesi (Serviço Social da Indústria). A exposição de fotos apresenta projeto liderado pela ativista Luisa Mell, com apoio do Sesi de São Paulo.

Na cidade, a mostra está aberta ao público desde o dia 15. Ela pode ser visitada até o dia 14 de setembro, com entrada gratuita e classificação livre. O Sesi do município está localizado na avenida São Carlos, 900, na vila Dr. Laurindo.

Publicidade

A exposição fotográfica é itinerante e também visa “alertar sobre situações de risco e de violência contra os animais”. Ela é composta por 17 imagens de personalidades – a maioria artista – e anônimos que posaram com “bichinhos adotados”.

Integram a mostra “#Adotei”, também, registros fotográficos de sete resgates feitos pela ativista – ex-apresentadora de televisão – e a equipe que integra a “Emergência Animal”. Conforme material da exposição encaminhado pelo Sesi, as fotos apresentam, ainda, a transformação de cães que passaram por situações de abandono em “animais felizes e saudáveis após a adoção”.

Paralelamente, estão programadas feiras de adoção de cães e gatos que serão realizadas com parceiros locais, bem como palestras educativas e venda de camisetas da campanha. A renda será destinada a apoiar o trabalho da equipe “Emergência Animal”, liderada pela organizadora do evento.

O projeto “#Adotei” conta com o apoio da empresa Home It, responsável por vender as camisetas pelo site www.homeit.com.br. Ela recebe, também, ajuda dos empresários Mica Rocha, Lelê Saddi, Helinho Calfat, Fabiana Saad e Gui Haji-Touma.

Ao todo, a exposição é composta por 32 imagens em cores e em preto e branco.

Mais cultura

Ainda neste mês, o Sesi dá continuidade às exibições do “Cine Sesi no Mundo – Cinema Francês, dos Primórdios aos nossos Dias”. O último filme de agosto será “Curtas Contestatórios e Parisienses de Agnès Varda”, no dia 28. A exibição está agendada para as 14h30, sendo indicada para pessoas a partir de 12 anos.

Não considerados curtas-metragens de sentido convencional, os filmes de Agnès Varda são ensaios de cinema. Agnès registra nos vídeos autorretratos indiretos, “cartografia de sua vida e seus gostos, esboço de uma filosofia pessoal, testemunhos sem barreiras de uma experimentação permanente da liberdade de criação”.

Dos nove curtas apresentados, a série contestatórios discute questões do feminismo e do movimento negro. Já a Parisienses usa a icônica capital francesa, Paris, para abordar temas universais, como o amor, a arte e a percepção.


Publicidade