RIZEK (07/09/2014) parte 2

387
Publicidade
EMpresa Rosa





Encerrou-se no último fim de semana o Festival de MPB de Tatuí, no teatro “Procópio Ferreira”, do Conservatório.

O ponto alto do festival: o show de Leny Andrade na noite chuvosa de domingo.

Ela apresentou sucessos de Roberto Carlos e Ivan Lins (seus últimos CDs). Leny havia acabado de chegar de Israel, onde concluiu turnê, e veio direto para Tatuí.

“Se Todos Fossem Iguais a Você” abriu o show.

Publicidade
EMpresa Rosa

Os vencedores do festival foram:

Melhor intérprete para Julia Simões, de Piracicaba, com a canção “Cantiga para Mariana”, que também ficou em quarto lugar e ganhou o prêmio de aclamação popular.

Em quinto, “Noite e Dia”, de Fortaleza; terceiro, “Migrar”, de Cuiabá; segundo, “Rodas”, de Santo André, e em primeiro, “Cantares”, de Poços de Caldas, de autoria de Zé Alexandre, parceiro de Oswaldo Montenegro em “Bandolins”.


A noite de sábado, 23 de agosto, foi marcada por um recital emocionante da cantora lírica Angélica de La Riva, carioca que reside há 14 anos em Nova Iorque, e fez seu “debut” no Conservatório de Tatuí.

A diva foi acompanhada ao piano por Miriam Braga, com participação da flautista Elen e Túlio Pires.

O recital foi marcado pela entrega à cantora da medalha de mérito cultural Carlos Gomes, pela Sbace (Sociedade Brasileira de Artes, Cultura e Ensino), representada pelo comendador Colomo Couto e pelo chanceler Henrique Autran Dourado (também diretor executivo do Conservatório de Tatuí).


O diretor executivo do Conservatório de Tatuí, Henrique Autran Dourado, e o assessor pedagógico Antonio Ribeiro foram homenageados na noite da última quinta-feira, 28, no auditório da Assembleia Legislativa de São Paulo. A homenagem foi organizada pela Associação Brasileira das Forças Internacionais da Paz da ONU. Ambos foram homenageados pela “meritória atuação junto às Forças de Paz e por sua dedicação a preservação de sua memória e dos valores militares e cívicos, enaltecendo o nome do Brasil”.

O diretor Autran Dourado recebeu a alta distinção – grau de cavaleiro – do “boina azul” Dr. Walter Mello de Vargas, presidente da entidade. Já o assessor pedagógico Antonio Ribeiro foi agraciado com a medalha cinquentenária das “FIP-ONU”.


Publicidade
EMpresa Rosa