Prefeitura entrega 3º trecho do Manduca

Inauguração oficial do complexo viário “Orlando Teles” será nesta segunda-feira, 10

451
Complexo viário “Orlando Teles” será inaugurado na véspera do aniversário de Tatuí (Foto: AI Prefeitura)
Publicidade
Da reportagem

A prefeitura programa inaugurar, oficialmente, na segunda-feira, 10, a terceira etapa da duplicação e revitalização da marginal do ribeirão do Manduca. O novo complexo viário recebeu a denominação de “Orlando Teles”.

As obras somam drenagens, iluminação, rotatórias, canteiros centrais, asfalto, e duplicação em uma extensão de 1.296 metros, a partir da ponte do Jardim Colina Verde (rotatória das ruas Rotary Club com a Caridade III) até a rua Chiquinha Rodrigues, limite com a ponte de acesso ao Jardim Lírio e ao Residencial dos Ipês.

Os serviços fazem parte de um dos lotes do programa “Asfalto Novo” e somam valor aproximado de R$ 4 milhões. O dinheiro é proveniente de linha de crédito do programa Pró-Transporte, uma ação do Ministério das Cidades, executada por meio da Caixa Econômica Federal com a Agência Desenvolve SP, do governo do estado.

A prefeita Maria José Vieira de Camargo afirmou que as obras do trecho completam os serviços de duplicação da marginal e “podem possibilitar novos empreendimentos imobiliários, ajudando no desenvolvimento econômico do município”.

“A duplicação deste novo trecho da marginal é estratégica para a reestruturação viária de Tatuí, inclusive para incentivar o nosso crescimento econômico, pois novos investimentos por parte do empresariado só surgem com uma infraestrutura adequada”, completou a prefeita.

Publicidade

O trabalho de duplicação da marginal do ribeirão do Manduca, que tem como nome avenida João Batista Correa Campos, está sendo executado em fases, desde 2017, logo após a reconstrução das pontes do Manduca, do Jardim Junqueira e do Jardim Colina Verde. A primeira etapa foi entregue em dezembro daquele ano.

Na ocasião, a via ganhou mão dupla nos dois sentidos, canteiro central, rotatória na interligação com a avenida Domingos Bassi e teve o asfalto reconstruído até a avenida São Carlos.

A segunda etapa foi concluída junto com a ponte do Jardim Paulista, em dezembro de 2018. A obra envolveu a recuperação da rua Lions Club de Tatuí até a bifurcação e a reconstrução da ponte que liga o Jardim Paulista à vila Dr. Laurindo.

“Iniciamos com a reconstrução das pontes e drenagem na avenida Pompeo Realli, antiga ‘churrasqueira’. Tudo isso foi um trabalho muito pesado e necessário. Não adiantava a ponte ficar pronta se a drenagem daquelas ruas não fosse feita”, afirmou a prefeita.

De acordo com o secretário municipal das Obras e Infraestrutura, Marcos Luís Rezende, a finalização dos trabalhos de duplicação da marginal do Manduca representa “muito do sentido da atual administração, uma vez que foi feito um acesso completamente duplicado e revitalizado”.

“Não existia este acesso, e nós fizemos a revitalização desde a avenida Vice-Prefeito Pompeo Reali até a Chiquinha Rodrigues. Hoje, temos uma grande via de locomoção, que facilitou o tráfego e trouxe outra cara para aquela região”, argumentou o secretário.

Maria José assegurou que a finalização completa da marginal ainda deve ter mais uma fase, no trecho que passa em frente ao Sesi.

“Já temos o projeto para o quarto trecho e estamos esperando uma liberação de recursos para poder iniciar a obra. Isso vai ser feito ainda este ano, para encerrar a revitalização do complexo viário”, assegurou a prefeita.

“Duplicar a marginal do Manduca era um desafio no início da nossa gestão. A via mudou completamente nestes quase quatro anos, e hoje é uma avenida moderna e urbanizada. É uma obra de infraestrutura muito grande, e tenho certeza que será um legado importante da nossa gestão para Tatuí”, concluiu a prefeita.

Orlando Teles

Nascido em Cesário Lange, em 6 de outubro de 1947, Orlando Teles era filho de Silvério Teles e Donaria de Almeida. Casou-se com Maria Helena Grandino Teles. Da união, nasceram os filhos Alexandre Grandino Teles e Giovana Grandino Teles de Paula – ambos integrados no ramo comercial da família.

Muito cedo, aprendeu a profissão de barbeiro com os irmãos José e Antônio, com os quais iria trabalhar em Tatuí tempos depois.

Em 1975, fundou em sociedade a Construtora Grantel e passou a realizar diversas obras no município, assim como grande parte das moradias da vila Dr. Laurindo.

No ano de 1990, resolveu focar no ramo de comércio, com a fundação da Grantel Materiais de Construção. Lá, continuou a trabalhar com os filhos até o fim da vida. Ele faleceu no dia 9 de julho de 2019, deixando a esposa, os dois filhos e três netos.

Publicidade