PMR prende motorista com quase oito toneladas de drogas em Tatuí

Caminhão transportava entorpecentes de Dourados (MS) para São Paulo

1050
Policiais romperam lacre do baú e encontraram drogas armazenadas em caixas (foto: divulgação/PMR)
Publicidade
Da redação

Quase oito toneladas de entorpecentes foram apreendidas na rodovia Castello Branco, a SP-280, na manhã de quinta-feira, 20. Durante a ação, a Polícia Militar Rodoviária deteve um motorista de 48 anos, que estava transportando as drogas.

Conforme a PMR, por volta das 9h, uma equipe fazia patrulhamento preventivo pela rodovia quando visualizou o caminhão vermelho, da marca Mercedes Benz, modelo Atego 2428 e placas de Cambe (PR), com um dos eixos traseiros suspensos, trafegando em alta velocidade.

Na abordagem, os agentes, segundo a PMR, solicitaram os documentos do caminhão ao condutor e, ao questionarem sobre o destino, foram informados de que ele teria transportado carne moída para uma empresa em Dourados (MS) e estaria retornando a São Paulo, para devolver a gaiola que utilizara para levar o produto.

De acordo com a PMR, o baú do caminhão encontrava-se lacrado, sem carga aparente, pois o eixo traseiro estava suspenso. Os policiais suspeitaram de algo, contudo, após terem consultado a nota fiscal apresentada e constatado algumas diferenças em relação a valores, datas e outras informações.

Equipe apresentou o caminhão e os entorpecentes na base da PMR (foto: divulgação/PMR)

Na sequência, conforme a PMR, eles solicitaram que o motorista abrisse o baú do caminhão, mas ele alegou que o compartimento era monitorado e só poderia ser aberto, de forma remota, pela empresa responsável.

Publicidade

Diante da negativa, os policiais romperam o lacre do baú e encontraram uma grande quantidade de caixas, contendo porções de maconha e cocaína.

Posteriormente, segundo o boletim de ocorrência, os entorpecentes foram pesados e lacrados por peritos do IC (Instituto de Criminalística) na Delegacia Central, sendo contabilizados 10.808 porções de maconha (pesando, ao todo, 6.835 quilos) e 1.162 porções de cocaína (somando 693 quilos).

Conforme a PMR, após os agentes romperem o lacre do baú, o motorista confessou que pegara o caminhão carregado em Dourados e que receberia R$ 50 mil para conduzi-lo até a capital paulista. No entanto, disse não ter sido informado sobre o local em que deveria deixar ou entregar o veículo pesado.

Na sequência, de acordo com o boletim, o motorista, Marcelo Belmiro, recebeu voz de prisão, sendo conduzido, juntamente com o caminhão, à Central de Flagrantes, onde permaneceu à disposição da Justiça. Com ele, a PMR ainda apreendeu a nota fiscal, o documento do veículo, uma carteira, três cartões e R$ 475.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome