Pandemia faz crescer as vendas de panetones de marca própria na Coop

202
Publicidade

Para atender aos apaixonados por panetones, a Coop, rede de varejo colaborativo, disponibiliza o produto de marca própria durante os 12 meses do ano, nas gôndolas de suas unidades, e a previsão é fechar 2020 com a venda de 504 toneladas.

Neste ano, por conta da pandemia e maior permanência das pessoas em casa, o consumo de panetones no período de janeiro a setembro aumentou 4%, se comparado ao mesmo período de 2019.

“Foram 154 toneladas em 2020, contra 148 toneladas no ano passado, e, desde o mês de outubro, a produção de panetones começou a aumentar. Até dezembro, deverão sair dos fornos mais 350 toneladas de panetones de marca própria Coop, e, para esse período, foram contratados 28 colaboradores temporários”, explica Osmar Kimura, gerente de panificação.

Nas gôndolas, são disponibilizados panetones de frutas e chocolate em embalagens de celofane e caixas de 500 gramas e um quilo, além do Floresta Negra, em caixas de 500 gramas e a versão salgada, em celofane de 400 gramas.

Publicidade