Notas policiais

912
Publicidade
  • Bandidos roubam caminhão e deixam vítimas em São Roque

Um motorista de 33 anos, morador da vila São Cristóvão, e o ajudante dele foram roubados, na tarde de terça-feira, 22, em um posto de combustíveis na rodovia Vice-Presidente Castello Branco. Eles foram obrigados a entrar em um carro com os criminosos, sendo libertados somente em São Roque.

De acordo com o boletim de ocorrência, por volta das 15h, o motorista e o ajudante retornavam para Tatuí quando pararam no acostamento da rodovia para “esticarem as pernas”. Ao descerem do caminhão, eles viram dois homens saindo de um Gol preto, com os rostos cobertos.

Os indivíduos se aproximaram e, segundo o boletim, anunciaram o assalto, fazendo menção de estarem armados. As vítimas foram obrigadas a entrar no Gol, sendo conduzidas até a entrada da cidade de São Roque e deixadas em uma estrada de terra.

Conforme o BO, os celulares das vítimas foram roubados e eles caminharam até um telefone da CCR SPVias. Funcionários da concessionária levaram o motorista e o ajudante até a base da empresa, localizada em Araçariguama, além de acionarem a Polícia Rodoviária Militar.

Contatado na sequência, o encarregado da cerâmica na qual ambos trabalham foi ao local para trazer o motorista e o ajudante de volta a Tatuí.

Publicidade

  • Golpistas gastam mais de R$ 1.000 em compras com cartão

Uma aposentada de 82 anos, moradora do Alto da Santa Cruz, descobriu ter sido vítima de estelionato na semana passada. Estelionatários conseguiram gastar mais de R$ 1.000 em três compras com um cartão dela. A vítima comunicou o crime no plantão policial na manhã de quarta-feira, 23.

Segundo relatado, na manhã do dia 12, por volta das 11h, a idosa recebeu uma mensagem no celular, avisando que havia uma fatura do cartão da loja “Pernambucanas”, no valor de R$ 1.145,35, a ser paga.

Dois dias depois, a aposentada foi ao estabelecimento comercial para saber sobre quem teria efetuado compras no nome dela. Na loja, foi informada de que o valor era referente a três compras no “Mercado Pago”, sendo uma de R$ 372,43, outra de R$ 186,58 e a terceira, de R$ 576,35, totalizando R$ 1.135,36.

A vítima disse à PC que os funcionários da loja abriram um protocolo sobre o ocorrido e, em sete dias, teriam uma resposta. Na quarta-feira, a aposentada retornou à loja, confirmando que as cobranças haviam sido canceladas.


  • Dois adolescentes apreendidos ‘expelem’ seis pedras de crack

Dois adolescentes, ambos de 14 anos, acabaram apreendidos, na madrugada de quinta-feira, 24, por volta da 1h, suspeitos de tráfico de entorpecentes na vila São Cristóvão. Durante a ação, a Polícia Militar recolheu dezenas de porções de crack e dinheiro.

Conforme a PM, uma equipe da Força Tática fazia patrulhamento quando recebeu denúncia informando que um indivíduo, conhecido pelo bairro como “gerente do tráfico”, teria entregado drogas a dois adolescentes.

No local indicado, segundo a PM, os agentes avistaram os dois sujeitos denunciados, que, ao verem a viatura, tentaram fugir por uma viela, dispensando algo no chão. Ainda havia um terceiro indivíduo, que conseguiu fugir após ver a aproximação da guarnição.

De acordo com o boletim de ocorrência, os adolescentes foram abordados e, em revista pessoal, nada ilícito foi encontrado, apenas R$ 27. Na sequência, em busca ao objeto descartado durante a tentativa de fuga, os policiais encontraram 19 pedras de crack.

Segundo o boletim, eles receberam voz de prisão e foram levados ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto”. Durante o exame clínico, um dos adolescentes “expeliu” duas pedras de crack, enquanto o outro vomitou mais quatro pedras do mesmo entorpecente.

Posteriormente, os policiais encaminharam os dois adolescentes à Central de Flagrantes, onde permaneceram apreendidos para serem apresentados em audiência de custódia.


  • Sujeito acaba preso tentando furtar 4ª loja na área central

Um homem de 37 acabou preso na área central, no início da tarde de quinta-feira, 24, por volta das 13h20, acusado de furto e receptação. A Polícia Militar flagrou o indivíduo quando ele tentava furtar uma loja localizada na rua Coronel Lúcio Seabra.

De acordo com a PM, os agentes foram acionados, via rádio, e flagraram o indivíduo tentando furtar o estabelecimento. Ele estava com uma mochila, contendo uma blusa com etiqueta, um par de fones de ouvido, relógio, pochete, uma folha de cheque e R$ 13, além de uma sacola com diversas peças de roupas, com etiquetas.

Questionado, conforme a PM, o sujeito confessou ter furtado as peças e as roupas em três lojas, todas situadas na rua 11 de Agosto. Posteriormente, os policiais contataram representantes dos estabelecimentos, os quais confirmaram os furtos, reconhecendo os produtos.

Segundo o boletim de ocorrência, em pesquisa ao Imei (identidade internacional de equipamento móvel) do celular que o homem portava, os agentes constataram que havia uma queixa de furto registrada em Votorantim.

Conforme o boletim, ele foi conduzido ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto” e, depois, à Central de Flagrantes. O acusado, identificado como Luís Fernando da Silva, confessou os crimes, porém, disse não saber que o celular era furtado. Ele recebeu voz de prisão sem possibilidade de fiança, ficando à disposição da Justiça.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome