Notas policiais

332
Publicidade
  • Policiais militares recuperam celular roubado de estudante

Um segurança de 26 anos acabou detido, na manhã de sexta-feira, por volta das 7h, suspeito de ter subtraído o celular de uma estudante de 18 anos na área central. A Polícia Militar conseguiu localizar o indivíduo e recuperar o aparelho roubado, na vila Doutor Laurindo.

Conforme a PM, uma equipe recebeu informação com as características de um sujeito que teria roubado o celular na rua Professor Adauto Pereira e fugido à rua Coronel Fernando Prestes. Em frente à uma casa, no endereço indicado, os policiais encontraram o indivíduo e o abordaram.

O suspeito, segundo o boletim de ocorrência, foi identificado como Luís Felipe Tavares Correa Pinto. Questionado sobre o celular, o segurança negou o roubo, alegando que havia subtraído o aparelho da namorada dele.

Posteriormente, conforme o boletim, ele admitiu o crime, informando que havia escondido o celular no sótão da residência em que mora com os avós. O segurança foi conduzido ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto” e, depois, apresentado no plantão policial.


  • Auxiliar é preso com garrucha escondida em guarda-roupas

Um auxiliar de expedição de 35 anos foi preso, na manhã de sexta-feira, 4, por volta das 11h, acusado de posse irregular de arma de fogo, no bairro Congonhal. Com ele, a Polícia Militar recolheu uma garrucha, além de cartuchos íntegros e deflagrados.

Publicidade

De acordo com a PM, uma equipe foi acionada, via rádio, para atender a uma ocorrência de discussão de casal, na qual uma mulher muda estaria sendo agredida pelo companheiro. O homem ainda possuiria uma arma de fogo.

Segundo a PM, no local, o auxiliar negou que tivesse ocorrido qualquer discussão, assim como disse não possuir nenhuma arma. Os policiais verificaram que a mulher, “aparentemente, não estava nervosa”.

Ainda conforme a PM, o auxiliar permitiu que os agentes revistassem o imóvel, quando acabou sendo localizada, dentro de um guarda-roupas, uma garrucha calibre 22, com dois cartuchos íntegros, além de 23 cartuchos deflagrados, calibre 20.

Os policiais levaram o acusado ao PS e, na sequência, à Central de Flagrantes. Lá, ele recebeu voz de prisão, no entanto, acabou solto após o irmão dele pagar fiança no valor de R$ 2.000.


  • Condutor embriagado colide moto em poste na Pompeo

Um pedreiro de 34 anos acabou preso, acusado de embriaguez ao volante, após envolver-se em um acidente na avenida Vice-Prefeito Pompeo Reali. O caso aconteceu na noite de sexta-feira, 4, por volta das 21h20.

Conforme o boletim de ocorrência, quando os policiais militares chegaram ao local, o pedreiro estava recebendo atendimento médico. Ele conduzia uma motocicleta vermelha, Honda, modelo 300R, quando colidiu contra um poste de energia.

De acordo com o boletim, o pedreiro apresentava sinais de embriaguez. O sujeito foi conduzido ao PS e o médico plantonista confirmou que ele estava embriagado. A moto acabou apreendida administrativamente.


  • Homens armados roubam R$ 25 mil de casa no b. Mirandas

Três indivíduos armados roubaram uma residência no bairro dos Mirandas. O crime aconteceu na noite de sábado, 5, e as vítimas compareceram no plantão policial para registrar o boletim de ocorrência na manhã de segunda-feira, 7.

Conforme relatado por um aposentado de 66 anos, por volta das 19h40, um veículo entrou no quintal do imóvel, em que reside com a esposa e a filha. Ao sair para atender, ele acabou surpreendido por três sujeitos encapuzados e armados, anunciando o assalto.

Os indivíduos teriam sido violentos e feito ameaças. Eles teriam subtraído R$ 25 mil em espécie e duas folhas de cheques em nome de terceiros (uma no valor de R$ 3.100 e outra de R$ 200), além de um relógio de pulso e um celular.

A vítima disse à PC que o veículo é branco, porém, não conseguiu identificar a marca, o modelo e o emplacamento. Os três bandidos tinham, aparentemente, 1,60, 1,70 e 1,80 metro de altura.


  • Borracheiro é localizado em veículo com registro de furto

A Polícia Militar deteve um borracheiro de 25 anos suspeito de receptação e adulteração de sinal de veículo. A prisão aconteceu na rua Ismênia Maria dos Santos, na vila Angélica, na tarde de segunda-feira, 7, por volta das 15h.

Segundo a PM, o sujeito trafegava com um carro branco, da marca Hyundai, modelo HB20, com placas de São José dos Campos. Ao verificarem os sinais de identificação do veículo, os policiais notaram a falta de plaquetas nas portas e que o chassi aparentava estar adulterado.

Conforme a PM, em pesquisa no sistema da Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo), os agentes constataram que a numeração do motor pertencia a outro veículo, da mesma marca e modelo, porém, com placas de Votorantim e registro de furto no dia 6 de julho.

De acordo com o boletim de ocorrência, o borracheiro disse ter adquirido o automóvel em Sorocaba, por R$ 15 mil. Entretanto, não informou o nome do vendedor do carro.

Conforme o boletim, o borracheiro recebeu voz de prisão, sem possibilidade de fiança, e será apresentado em audiência de custódia. O veículo ficou apreendido para ser encaminhado ao pátio da CR Trans Remoções.

Publicidade