Notas policiais

1667
Publicidade
  • Trio rouba caminhão e “roda” com motorista por mais de 2h

Um motorista de 27 anos teve o caminhão roubado por três homens que ocupavam um Gol de cor clara, na tarde de terça-feira, 31, na rodovia Gládis Bernardes Minhoto. A vítima procurou o plantão da Polícia Civil na tarde de quarta-feira, 1º, para registrar o crime.

Conforme relatado, o motorista trafegava pela rodovia, com um Ford Cargo 1622, quando teria sido abordado pelo trio. Os criminosos teriam colocado a vítima no banco traseiro, mandado que ele ficasse com a cabeça abaixada e circulado com o veículo por mais de duas horas, até que fizeram a vítima descer em uma estrada de terra e fugiram levando o caminhão.

Em seguida, o motorista caminhou até as margens da SP-127, onde conseguiu ajuda com funcionários da cabine de pedágio. No boletim, a vítima não descreve os criminosos, mas aponta que um deles tinha uma tatuagem na mão direita, com o desenho de uma teia de aranha.


  • Policial morre após bater na traseira de caminhão na ‘280’

Um policial militar rodoviário de 25 anos morreu ao colidir na traseira de um caminhão, na rodovia Castello Branco. O acidente aconteceu na manhã de quarta-feira, 1º, na altura do quilometro 158 da SP -280.

Segundo o boletim, o policial Alexandre Signorelli Almeida havia terminado o turno de trabalho, por volta das 6h, e voltava de moto para casa, em Cerqueira César, quando, no meio do trajeto, bateu a motocicleta na traseira de um caminhão.

Publicidade

Segundo a Polícia Rodoviária constou no BO, a princípio, não foi possível constatar se houve mais algum veículo envolvido no acidente. Contudo, havia marcas de frenagem na pista, feitas pela moto, que se estendiam por mais de seis metros, até o ponto de impacto com o caminhão.

Ainda de acordo com a PR, o local foi sinalizado e a vítima, socorrida ainda com vida pela equipe de resgate da Colina Verde e levada ao Pronto-Socorro “Erasmo Peixoto”, mas não resistiu aos ferimentos.


  • Ladrão invade casa e “enche” carro com produtos furtados

Uma professora de 52 anos teve a casa invadida e furtada na tarde de quinta-feira, 2, no residencial Village Engenheiro Campos. A vítima relatou o crime à PC algumas horas depois de constatar o furto.

Segundo informado, a professora saiu para trabalhar de manhã e, quando retornou à casa para almoçar, notou que o imóvel estava com uma das portas arrombadas. Uma bicicleta, um notebook e três botijões de gás foram levados.

Conforme o BO, um vizinho descreveu à vítima que um homem teria estacionado um Ford KA, de cor cinza, na calçada da residência, com o porta-malas aberto, e carregado os itens furtados.


  • Desempregado sofre golpe e não consegue receber seguro

Criminosos usando um cartão-cidadão falso sacaram a parcela do seguro-desemprego de um desempregado de 26 anos, na quarta-feira, 1º. A vítima procurou a PC na tarde de quinta-feira, 2.

Segundo relatado, funcionários da Caixa Econômica Federal entraram em contato com o desempregado informando que uma parcela de R$ 1.036, referente ao seguro-desemprego da vítima, havia sido sacada, sem autorização, por um desconhecido.

Conforme o boletim, o desempregado teria informado que, em conversas com funcionários do banco, acabou descobrindo que alguém teria utilizado um cartão falso para realizar a operação. Porém, a vítima afirma não ter nenhum cartão desse tipo.

Publicidade