MEMÓRIA – Jonas e Alzira Teles

276
Publicidade





“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.” (Antoine de Saint-Exupéry)


Passou-se um ano.

E o que temos hoje, após a ida física, é a certeza do quanto foram e são importantes em nossas vidas. Nada foi em vão, e nada, por acaso.

É “seu” Jonas e “dona” Alzira, uma vida de dedicação e amor, repletos de ternura e envolvimento – exemplos a serem seguidos -, e nós fomos e somos privilegiados.

Publicidade

Um legado de valor imensurável, de pais para filhos. Valores estes que jamais se findarão: a integridade, a honestidade e a ternura.

A presença se apresenta em nosso dia a dia, seja nos gestos ou atitudes. É referência em nosso caminhar.

Assim, agradecemos ao Senhor por nos ter permitido. Ele lhes deu uma missão e, certamente, a missão foi cumprida .


Publicidade