Maioria não crê que paróquia será elevada a basílica menor

75
Publicidade
Da redação

Seis a cada dez pessoas não acreditam em parecer favorável da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) ao pedido de elevação da Paróquia Santuário Nossa Senhora da Conceição para basílica menor.

De acordo com o pároco e reitor do santuário, padre Élcio Roberto de Góes, a autorização é um dos passos dentro do processo de elevação. A Igreja Matriz ainda aguarda aval do Vaticano para passar por análise.

O assunto figurou a enquete semanal realizada pelo jornal O Progresso em seu portal de notícias (www.oprogressodetatui.com.br), entre os dias 16 e 22. O resultado apontou 60% contra 40%.

Nesta próxima semana, a pandemia de coronavírus volta a ser tema, porém, com outro enfoque. Na sexta-feira, 22, a Secretaria Municipal de Saúde informou sobre a sétima morte de paciente por Covid-19.

O sétimo óbito confirmado pela doença no município é de uma mulher de 67 anos, que estava internada na Santa Casa de Misericórdia (reportagem nesta edição).

Publicidade

Com a divulgação de óbitos em seguida, leitores se manifestaram em redes sociais, expressando opiniões conflitantes. Uns sustentam existir subnotificação de mortes, enquanto outros argumentam que os óbitos não seriam devido ao novo vírus.

Diante disso, a enquete pergunta aos leitores: “Considerando os números de óbitos por Covid-19 em Tatuí, oficialmente divulgados, você acredita que eles: “estão corretos”, “são maiores” ou “são menores”.

A questão pode ser respondida até a sexta-feira, 29, às 16h30. O resultado será publicado na edição do dia 31.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome