Maioria afirma não ter tomado vacina contra a febre amarela

438
Publicidade





A confirmação de óbitos decorrentes de febre amarela no país tem intensificado a procura pela vacinação em regiões de contágio. A imunização é recomendada por autoridades de saúde a quem vai viajar para as áreas com registros.

Em Tatuí, a maioria dos leitores que participou de enquete realizada pelo jornal O Progresso respondeu que nunca tomou a vacina contra a doença. O resultado aponta que 58% dos que visitaram “O Progresso Digital” (www.oprogressodetatui.com.br) responderam que não receberam a vacina.

A imunização já faz parte do calendário vacinal, conforme informou a VE (Vigilância Epidemiológica). O órgão reforçou que não há necessidade de as pessoas procurarem urgentemente as UBSs (unidades básicas de saúde) para a aplicação. Entretanto, a vacina é recomendada no caso de viagem.

Conforme a enquete, 42% dos leitores disseram já ter tomado alguma vez a vacina que previne o contágio.

Publicidade

A questão foi levada “ao ar” na manhã de sexta-feira, 20, por conta de recomendação da VE do município. O órgão instruiu os moradores a se vacinarem, apesar de a região de Sorocaba não ter tido registros de casos de mortes de macacos por febre amarela nem contágio em humanos.

A na enquete semanal se dá pelo portal do jornal, no qual os leitores podem consultar os resultados parciais da votação. O balanço final é divulgado na edição impressa.

Para esta edição, o jornal propõe discussão a respeito da chamada “zona azul”. O DMMU (Departamento Municipal de Mobilidade Urbana) deve apresentar, dentro de um mês, o edital de licitação para a reimplantação do sistema (reportagem nesta edição).

A informação foi antecipada pelo diretor do órgão, José Roberto Xavier da Silva, a O Progresso nesta semana. Ela dá origem à questão: “Em sua opinião, em que medida o estacionamento rotativo pode resolver o problema da falta de vagas no centro da cidade?”.

O questionário pode ser respondido, com “totalmente”, “parcialmente”, “não influi em nada” e “piora a situação”, a partir da manhã deste sábado, 28. A enquete virtual receberá votos até a sexta-feira, 2 de fevereiro. O resultado final será divulgado na edição do próximo domingo, dia 5.


Publicidade