Jovem suspeito de assassinar comerciante é detido pela PC

366
Publicidade
Siltec





Policiais civis prenderam, na tarde desta segunda-feira, 6, um jovem de 26 anos suspeito de assassinar e ocultar o corpo do comerciante Milton Ribeiro Araújo, 50.

A vítima era proprietária de uma revenda de automóveis usados, estava desaparecida desde a tarde de sábado, 4, e gerou mobilizações nas redes sociais.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito – que não teve a identidade revelada – confessou o crime. Ele foi encontrado por policiais civis com o veículo, um Volkswagen Golf, que teria sido retirado da garagem do comércio da vítima.

O carro, supostamente, foi usado para levar o corpo de Araújo até o rio Sorocaba, no bairro Barreiro. A Polícia Civil ainda não encontrou o corpo da vítima.

Publicidade
Siltec

O suspeito afirmou, de acordo com a Polícia Civil, ter matado o comerciante com um taco de beisebol, no interior da loja dele, no início da tarde de sábado.

O motivo do assassinato, de acordo com o suspeito, seria uma discussão sobre uma dívida de aproximadamente R$ 2.100 que Araújo estaria cobrando, proveniente de uma troca de veículos.

Após a discussão, o suspeito afirmou, a policiais civis, que teria saído da revenda com dois veículos, o Golf utilizado para ocultar o corpo da vítima, no porta-malas, e um Volkswagen Gol.

O segundo veículo foi encontrado na manhã de domingo, 5, próximo a um frigorífico, na rodovia Gladys Bernardes Minhoto (SP-129), entre Tatuí e Boituva.

Não se sabe ao certo se o crime envolveu mais pessoas, além do suspeito preso na tarde de segunda-feira, segundo a Polícia Civil.

A PC pedirá ao Ministério Público a prisão temporária de 30 dias do suspeito, que já prestou depoimento no Setor de Investigações Gerais e estava no plantão policial, na segunda-feira.


Publicidade
Siltec