Foragido acaba preso pela PM e deve responder por 4 acusações

754
Publicidade
Da redação

Um homem de 31 anos acabou preso, no Jardim São Cristóvão, na noite de terça-feira, 27, acusado de violência doméstica, lesão corporal, injúria e falsa identidade. Com o indivíduo, a Polícia Militar recuperou o celular da esposa dele.

De acordo com a PM, após uma equipe ser acionada por volta das 22h40, os agentes encontraram o sujeito caminhando pela avenida Vice-Prefeito Pompeo Reali. Durante a abordagem, o homem se identificou como “Fábio Douglas dos Anjos” e carregava o celular da esposa dele.

Conforme a PM, o indivíduo estaria “sob efeito de drogas” e demonstrou agressividade, sendo algemado para ser conduzido ao plantão policial. Durante o trajeto, ele ainda teria chutado o interior da viatura, sem causar danos.

Segundo o boletim de ocorrência, a esposa informou que estão casados há seis anos e têm um filho. Porém, ele teria começado a acusá-la de traição e pegado o celular para comprovar as supostas traições. O sujeito teria agredido a esposa após ela se recusar a entregar o aparelho.

Durante o registro do boletim, segundo a PM, foi constatado que o suspeito havia mentido sobre o nome dele, o qual se chama “Misaque da Silva Morais” e seencontra como foragido da Justiça, com processos em Tatuí, Boituva, Itapeva e Americana.

Publicidade

Conforme o BO, Morais recebeu voz de prisão, sem possibilidade de fiança. Ele ficou gritando e batendo nas grades da cela. Os agentes não conseguiram interrogar o acusado, que ainda se negou a assinar o boletim.

Publicidade