Escolas municipais ganham “Selo de excelência em educação ambiental”

    Entrega do certificado é parte integrante da Semana do Meio Ambiente

    508
    Entrega do “Selo de Excelência em Educação Ambiental” no paço municipal (foto: AI Prefeitura)
    Publicidade
    Alessandra Bonilha, dra
    Siltec

    Três escolas da Secretaria de Educação, da prefeitura, receberam o “Selo de Excelência em Educação Ambiental”. A cerimônia de entrega aconteceu na manhã de quinta-feira, 6, na sala de reuniões do paço municipal.

    O evento teve presença da prefeita Maria José Vieira de Camargo; do secretário da Agricultura e Meio Ambiente, Célio José Valdrighi; do secretário da Educação, Miguel Lopes Cardoso Júnior; dos funcionários do Departamento Municipal de Meio Ambiente; e dos diretores e coordenadores das escolas certificadas.

    Conforme a coordenadora de educação ambiental, Karina Camargo de Sousa, o selo é inédito e parte integrante da Semana do Meio Ambiente, promovida pela prefeitura, por meio da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente.

    As escolas contempladas neste primeiro semestre foram as Emefs “Professor Mauro Antônio Mendes Fiusa”, do Residencial Astória; “Professor José Galvão Sobrinho”, do Jardim Tóquio; e a “Professor Firmo Antônio de Camargo Del Fiol”, do Jardim Planalto.

    Karina explica que o selo foi destinado para as escolas que solicitaram os treinamentos e as palestras do Setor de Educação Ambiental, do Departamento Municipal de Meio Ambiente, para todos os alunos das unidades.

    Publicidade
    Alessandra Bonilha, dra
    Siltec

    “O certificado representa que a escola solicitou as palestras não só para uma ou mais turmas, mas para toda a escola. Ele certifica que, independente da idade, todos os alunos foram capacitados”, contou Karina.

    Os temas foram escolhidos pelas próprias escolas, a partir de um “cardápio” de educação ambiental oferecido pelo setor, que inclui as temáticas água, biodiversidade, arborização e resíduos.

    Ainda segundo a coordenadora, a ideia é manter a entrega do certificado nos próximos anos, com o objetivo de fomentar, nas escolas, a procura pelos temas de educação ambiental. “A intenção é fazer com que mais escolas consigam conquistar este selo de excelência”, acrescentou a coordenadora.

    Karina lembra que, entre os dias 3 e 7 de junho, foram realizadas diversas atividades tendo como mote a conscientização sobre preservação da biodiversidade, da água, dos resíduos sólidos, da arborização urbana e da educação ambiental.

    O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado em 5 de junho. A data foi recomendada pela Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, em 1972, em Estocolmo, na Suécia.

    Pelo decreto federal 86.028, de 27 de maio de 1981, o governo brasileiro também estabeleceu que, nesse período, em todo o território nacional, se promovesse a Semana Nacional do Meio Ambiente, que tem por finalidade apoiar a participação da comunidade nacional na preservação do patrimônio natural do país.

    No município, as atividades começaram na tarde de segunda-feira, 3, com a palestra “A Realidade dos Resíduos Sólidos em Tatuí”, organizada e ministrada pela equipe do Setor de Educação Ambiental, na sede da Yazaki.

    Ainda na segunda-feira, no período da noite, foi realizada a palestra “Legislação Ambiental e a Preservação da Biodiversidade”, ministrada pela Polícia Ambiental, no Centro de Artes e Esportes Unificados “Fotógrafo Victor Hugo da Costa Pires” (CEU das Artes),

    Na manhã de terça-feira, 4, a Estação de Tratamento de Água (ETA) da Sabesp recebeu visita de crianças de escolas municipais. À tarde, na sede da Ford, a equipe do SEA realizou a palestra “A Realidade dos Resíduos em Tatuí”.

    Já na quarta-feira, 5, alunos da rede municipal de ensino realizaram passeio em trilha ecológica na Estação Experimental e, no período da tarde, alunos da Emef “Professora Eunice Pereira de Camargo” também assistiram à palestra “A Realidade dos Resíduos Sólidos em Tatuí”, ministrada pela equipe do SEA.

    O encerramento da semana, aconteceu na sexta-feira, 7, com o plantio de 200 mudas de árvores no Jardim Wanderley.

    Karina destaca que a programação foi pensada para envolver a todos. Para a coordenadora, por meio das campanhas, a população vem se conscientizando e procurando participar cada vez mais das ações preventivas em favor do meio do ambiente.

    Ela conta que, no início, apenas os alunos da rede participavam das ações, “mas, hoje, existe um envolvimento maior da população, inclusive, de empresas, que solicitam palestras para os funcionários”.

    Como resultado, Karina avalia que a Semana do Meio Ambiente foi um sucesso. “As parcerias com a empresas deram certo, vimos que houve interesse dos funcionários. A participação dos alunos também foi primordial e, hoje (sexta-feira), encerramos com o plantio de mudas, que ajudará muito na arborização urbana e biodiversidade do município”, completou.

    Publicidade
    Alessandra Bonilha, dra
    Siltec