Comércio abre em horário estendido para compras do Dia dos Namorados

339
(foto: Diléa Silva)
Publicidade

Nesta quarta-feira, 11 de junho, as lojas do comércio funcionarão em horário especial, dando oportunidade para que os consumidores possam comprar o presente do Dia dos Namorados até às 22h.

De acordo com o presidente da ACE (Associação Comercial e Empresarial de Tatuí), Eric Proost, o atendimento estendido na véspera do Dia dos Namorados – celebrado em 12 de junho – busca garantir mais facilidade para o consumidor.

“A gente sabe que muitas pessoas trabalham. Estender o horário do comércio ajuda que elas não precisem ir para outras cidades e tenham condições de comprar nas lojas do município”, destacou.

Os clientes que adquirirem produtos nas lojas conveniadas com a ACE receberão um cupom para a promoção “Dia do Amor” – que está em vigor desde o dia 16 de maio – e poderão concorrer a R$ 2.000 em prêmios. O sorteio será realizado no dia 19, às 16h, na sede da ACE.

Seguindo os moldes da campanha de Dia das Mães, a ação promocional deste ano distribuirá quatro prêmios de R$ 500 aos consumidores contemplados e R$ 150 a cada um dos atendentes que efetivarem as vendas premiadas.

Publicidade

Mais de 300 estabelecimentos comerciais estão participando da promoção e os cupons já podem ser adquiridos nos comércios associados. “Se for comprar algum item, mesmo que não seja presente para o namorado ou para a namorada, já pede seu cupom para preencher e estar concorrendo”, lembrou Proost.

O presidente destaca que os prêmios ofertados por meio dos sorteios se revertem em benefício aos lojistas, uma vez que, quando procurados para a troca dos cupons sorteados, eles acabam, na prática, vendendo os produtos que comercializam.

Pela promoção da ACE, o lojista entrega os produtos conforme o valor deles e dos prêmios e, posteriormente, recebe da associação o equivalente ao somado em cupons.

“Por isso, quanto mais diluídas forem as premiações, mais lojas acabam sendo visitadas e beneficiadas com o vale-compras”, observou.

Aumento nas vendas

A expectativa é de que as vendas deste ano superem as do ano passado. Segundo pesquisa da Boa Vista, o gasto médio do consumidor com o presente nesta data comemorativa será 5% maior neste ano, na comparação com a 2018. Enquanto na data passada o tíquete médio foi de R$ 278, em 2019, os entrevistados esperam gastar R$ 292.

A pesquisa identificou, ainda, que 69% dos entrevistados pretendem presentear o parceiro, representando aumento de dois pontos percentuais em relação ao ano passado.

Entre eles, 42% esperam gastar mais agora do que na compra do presente de 2018. Outros 39% vão gastar a mesma quantia, enquanto 19% preveem gasto menor neste ano.

A pesquisa também aponta que tipo de presente os consumidores pretendem comprar para o Dia dos Namorados. Em primeiro lugar, assim como em 2018, com 30%, aparecem, os itens de vestuário, seguidos por jantar romântico, show e cinema (19%), perfumaria (13%), joia ou relógio (10%), celulares e smartphones (9%), informática (8%), viagem romântica (7%), flores (2%) e chocolates (2%).

Quando questionados sobre o que gostariam de ganhar, caso pudessem escolher o presente, a maioria dos consumidores elegeu uma viagem como o presente mais esperado, com 26%. Em seguida, passeio e roupas, ambos com 12%, e celular, com 11%.

Produtos de informática e eletrônicos foram citados como os presentes desejados por 9% dos entrevistados, empatados com joias e relógios. Por fim, jantar romântico e itens de perfumaria, com 6%, respectivamente.

Outra variável da pesquisa é o local de compra do presente pretendido pelos consumidores. Entre estes, 78% dos consumidores pretendem comprar o presente em uma loja física, enquanto 22% esperam adquiri-lo pela internet.

Ainda de acordo com os números da pesquisa, a principal influência dos consumidores na escolha do presente será o desejo do parceiro, com 41%. Outros 39% dos consumidores se basearão na necessidade ou utilidade do presente na hora da escolha.

Já outros 10% que se influenciam por preço, promoção ou desconto, enquanto, por fim, a marca e a qualidade do produto atingem outros 10% dos consumidores.

A parcela de consumidores que planeja comprar o presente à vista representa 59% do total. Entre esses consumidores, 40% utilizarão dinheiro em espécie; 33% o cartão de débito; 23% o cartão de crédito; e 4%, boleto.

Já entre os 41% que pretendem parcelar o presente, 88% usarão o cartão de crédito, seguidos de 5% que planejam usar o carnê, outros 5% que pagarão as parcelas em boleto e, por fim, 2% que vão escolher o cartão de débito programado.

A pesquisa foi realizada de forma quantitativa, por meio de abordagem via internet, entre os meses de abril e maio de 2019, com pouco mais de 700 respondentes. O universo é representado por consumidores de modo geral.

Publicidade