Diminuição do nº de partidos melhoraria a política do país

216
Publicidade
Siltec





A enquete realizada pelo jornal O Progresso nesta semana mostra que a maior parte dos leitores acredita que, se o número de partidos fosse reduzido no Brasil, a política seria melhor.

O resultado apontou que 77% dos leitores votaram “sim” quanto à diminuição. Por outro lado, 23% dos leitores acreditam que a redução do número de siglas não mudaria a situação.

O assunto foi abordado durante entrevista com o deputado estadual Samuel Moreira (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo.

Moreira defendeu que a redução de grupos partidários é necessária. Atualmente, existem 32 partidos políticos no Brasil, número que o deputado acredita ser exagerado.

Publicidade
Siltec

“As pessoas não sabem direito para que servem tantos partidos políticos. Realmente, não há uma explicação que justifique a existência. Isso afasta as pessoas da nossa atividade”, disse.

Pronto-socorro

Nesta próxima semana, a pesquisa virtual quer saber a opinião dos leitores sobre a possível terceirização do pronto-socorro “Erasmo Peixoto”.

O assunto foi abordado na sessão da Câmara na terça-feira, 3. Muitos vereadores reclamaram de falhas que estariam acontecendo nos atendimentos e pediram que a conduta de alguns médicos fosse investigada pela Prefeitura.

Durante a sessão, os vereadores Antonio Marcos de Abreu (PP), Fábio José Menezes Bueno (PROS), Alexandre de Jesus Bossolan (DEM), Carlos Rubens Avallone Júnior (PMDB) e Jorge Sidnei Rodrigues da Costa (PMDB) falaram sobre a possível contratação de uma empresa ou instituto para gerenciar o pronto-socorro.

Fábio Menezes considerou que a terceirização poderia ser a melhor forma de gestão e afirmou que “alguma providência precisa ser tomada com urgência”.

Já Bossolan disse temer que a Prefeitura “isente-se das responsabilidades com o pronto-socorro e passe toda a incumbência para a empresa contratada”.

Assim, o jornal pergunta: “Você é a favor da terceirização do pronto-socorro municipal?”.

As respostas são “sim” e “não”. A enquete estará disponível a partir deste sábado, 7, em O Progresso Digital (www.oprogressodetatui.com.br). As votações encerram-se na sexta-feira, 13. O resultado será divulgado na edição do dia 15 de dezembro.


Publicidade
Siltec