Cultura vai repassar R$ 24,3 milhões ao CDMCC em 2014

206
Publicidade
Siltec





A Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo anunciou nesta semana que repassará R$ 24,3 milhões em 2014 para o Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos”.

De acordo com nota enviada pela assessoria de imprensa da pasta estadual a O Progresso, o valor do orçamento é superior em R$ 1 milhão ao que a instituição recebeu ao longo deste ano, equivalente a R$ 23,3 milhões.

Em nota, a assessoria destaca que o recurso “garante não só a manutenção das atividades artísticas e pedagógicas, propostas pelo Conservatório em seu plano de trabalho, como sua ampliação”.

Em 2014, a secretaria informou que a entidade realizará concertos alusivos aos 60 anos do Conservatório. A escola de música, a maior da América Latina, também publicará, por conta da data especial, um livro comemorativo.

Publicidade
Siltec

Integram, ainda, os planos do Conservatório a ampliação do “Coreto Paulista”. O programa é composto por “ações que visam apoiar as bandas do interior e litoral, incluindo compra e doação de instrumentos e realização de oficinas e encontros”.

A pasta destacou que o valor consta na LOA (Lei Orçamentária Anual) de 2014 do governo. Conforme a nota, a peça orçamentária está sendo discutida por deputados na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo).

No mesmo material, a secretaria afirma que trabalha com a “perspectiva de conseguir suplementação orçamentária ao longo do ano”. Cita, como exemplo, que, neste ano, o Conservatório recebeu R$ 2,5 milhões de verba orçamentária extra.

“Além disso, a secretaria viabilizou mais R$ 165 mil em patrocínios da Cesp (Companhia Energética de São Paulo), via Lei Rouanet, para apoiar o Conservatório na realização de dois eventos artístico-pedagógicos”: o “Painel Instrumental de Música Brasileira” e o 20o “Festival de MPB – 5o Torneio Estadual de Cururu”, que inclui o “Concurso Nacional de Luteria”.

“Temos, com a Secretaria de Estado da Cultura, a mais estreita relação de cooperação. O órgão demonstra grande reconhecimento ao Conservatório, provendo desde já aporte para uma comemoração com brilho dos 60 anos de fundação da instituição em 2014”, afirmou, por meio da assessoria de imprensa da Casa Civil, o diretor executivo do Conservatório, Henrique Autran Dourado.

“Tenho o entendimento de que a secretaria está a postos para nos auxiliar”, concluiu.

A secretaria anunciou o valor do orçamento na mesma semana em que o vereador Jorge Sidnei Rodrigues da Costa (PMDB) fez uso da palavra para comentar sobre requerimento enviado ao Conservatório.

Jorge Sidnei disse que havia oficiado a diretoria da escola de música para perguntar se “comentários” sobre uma possível redução de verba por parte do Estado seriam verídicos. O vereador disse que, nas últimas semanas, havia lido postagens em redes sociais que se referiam a uma diminuição no repasse.

Segundo ele, os comentários faziam menção de que a redução teria relação com a criação de um polo do Conservatório de Tatuí na cidade de Franca. “Aqui fica a nossa preocupação. O Conservatório oferece muitos cursos”, afirmou.

Outro documento sobre o mesmo tema havia sido apresentado pelo vereador Márcio Antonio de Camargo (PSDB) neste semestre. Na ocasião, o parlamentar encaminhou questionamentos à Secretaria de Estado da Cultura.


Publicidade
Siltec