Conservatório pode dar à  cidade o título oficial de ‘estância turística’

    133
    Publicidade
    Siltec
    EleService institucional
    Alessandra Bonilha, dra
    Liderança Ferramentas
    Anglo





    Reconhecido como uma das mais importantes escolas de música da América Latina, o Conservatório de Tatuí pode dar ao município mais um título oficial. Desta vez, o de “estância turística”.

     

    O título foi proposto em projeto de lei publicado no DOE (“Diário Oficial”) do Estado dia 8 de agosto, conforme informou a assessoria de comunicação da escola de música. A propositura deverá seguir trâmite oficial dentro da Assembleia Legislativa.

     

    Publicidade
    EleService institucional
    Anglo
    Alessandra Bonilha, dra
    Siltec
    Liderança Ferramentas

    De acordo com o projeto de lei 493, de autoria do deputado Sebastião Santos (PRB), o Conservatório faz com que o município “cumpra todos os requisitos para ser transformado em estância turística”.

     

    Além de detalhar o currículo da instituição, o parlamentar cita que a concessão do título seria merecida.

     

    “Por ser possuidora do mais excelente conservatório dramático e musical, denominado de “Dr. Carlos de Campos”, Tatuí merece ser considerada como estância turística, já que tal conservatório é considerado uma das escolas mais importantes e bem sucedidas de todo o mundo”, argumenta o deputado.

     

    Santos também cita que o Conservatório tem formado instrumentistas, cantores, atores e luthiers há mais de meio século.
    Inclui no projeto, também, que a escola de música realiza, ao longo dos anos, diversos eventos, “como exposições, concertos, workshop, teatros e espetáculos que atraem turistas de todo o mundo”.

     

    Após publicação no “Diário Oficial”, a assessoria do CDMCC informou que o projeto de lei foi incluído na pauta e segue para exame das comissões. A expectativa é de que seja aprovado por unanimidade.

     

    Não é a primeira vez que a instituição contribui para que Tatuí obtenha títulos oficiais. O mais importante deles, o de “Capital da Música”, teve oficialização em 30 de janeiro de 2007, com a aprovação da lei estadual 12.544.

     

    “Na ocasião, tal qual agora, o Conservatório de Tatuí foi peça fundamental para a sensibilização e aprovação do projeto”, destacou a comunicação do CDMCC.

     

    Atualmente, o Estado de São Paulo possui 67 cidades consideradas estâncias por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por lei estadual.

     

    Os municípios ganham o título por possuírem vocação para o negócio do turismo e histórico de atração de visitantes durante todo o ano.

     

    As estâncias, conforme as características da cidade, podem ser turísticas, climáticas, balneárias ou hidrominerais. Estes status garantem aos municípios uma verba maior por parte do Estado para investimento em infraestrutura voltada ao turismo e à promoção do turismo regional.

     

    O município também adquire o direito de agregar, junto a seu nome, o título de “estância”. No Estado de São Paulo, 29 cidades são classificadas como “estâncias turísticas”.


    Publicidade
    Siltec
    Liderança Ferramentas
    Alessandra Bonilha, dra
    Anglo
    EleService institucional