Concha abriga o evento Marcha para Jesus com shows em julho

240
Publicidade
Siltec





Arquivo O Progresso

Em 2013 evento reuniu grande número de fiéis em caminhada pelas ruas da cidade

 

No dia 9 de julho, a partir das 14h, acontecerá a 11a Marcha para Jesus, sob a organização do bispo Nilton José Alves, presidente do Conpas (Conselho de Pastores).

A marcha sairá diante da Prefeitura, descerá pelo Conservatório, subirá a rua 11 de Agosto, passará pelo Mercado Municipal “Nilzo Vanni”, retornará até a Praça da Matriz e seguirá para a Concha Acústica Municipal “Maestro Spártacco Rossi”, onde haverá shows até às 23h.

Publicidade
Siltec

No trajeto da marcha, pastores deverão fazer algumas paradas para ministrarem palavras sobre saúde, educação, música e outros temas.

De acordo com Alves, após o trajeto, os fieis assistirão a shows em louvor e adoração a Jesus. Serão sete bandas em apresentações. A atração principal será às 20h, com Renascer Praise, com participação do apóstolo Estevão Hernandes e da bispa Sonia Hernandes.

Conforme Alves, “a marcha é para Jesus, não é uma igreja ou uma denominação que está à frente desse trabalho. É o Conpas que está organizando, mas é para toda a população. Estamos fazendo um trabalho em prol do reino de Deus”.

O presidente da Conpas ressaltou que, nos intervalos de shows, haverá sorteios de brindes à população. Para participar, é necessário levar um quilo de alimento não perecível, para trocar por cupons.

As pessoas podem levar doações de alimentos na Igreja do Evangelho Quadrangular, à rua Marechal Deodoro da Fonseca, 1.227, vila Juca Menezes. Até o dia da Marcha para Jesus, a organização receberá donativos.

Os alimentos deverão ser doados para entidades do município. Conforme Alves, ainda não estão definidas as instituições que os receberão.

No ano passado, a organização enviou mais de 4.000 quilos de donativos ao Fundo Social de Solidariedade, para entrega em entidades. Este ano, porém, ele quer que a organização faça isso.

Alves ressaltou que, além de alimentos, a Igreja está arrecadando, até o final de julho, roupas e agasalhos para doar à população carente.

No evento, serão sorteados brindes, eletrodomésticos, “tratamentos de beleza” e materiais de construção, todos de doações ou de patrocinadores.

A ideia de sortear materiais de construção surgiu quando Alves foi eleito presidente do Conpas. Segundo ele, a intenção era dar um “kit” para construir uma casa.

“Queria sortear uma casa pronta. Só que a diretoria do Conpas me alertou, dizendo que, assim, eu ajudaria uma pessoa só, e se eu sorteasse um pouco de tijolo, areia, cal, várias pessoas poderiam ganhar. Achei válida a ideia deles, e resolvemos dividir os brindes”, explicou Alves.

Não há definição de quantos sorteios serão realizados, porque as doações ainda não cessaram. De acordo com o presidente, a população e os comerciantes de Tatuí “realmente participam”, e há muitos brindes que deverão ser recebidos até o dia do evento. No ano passado, segundo Alves, foram mais de mil doações para sorteios.

Em 2013, aproximadamente 10 mil pessoas participaram do evento. Este ano, o bispo espera de 12 mil a 15 mil.

Alves afirmou que colocará dois telões para que todos os participantes consigam visualizar os shows, pois a Concha não deverá abrigar todos os espectadores. “Vamos ficar nas ruas ao redor, já pedi o fechamento das ruas. Será um evento bem organizado”.

Conforme Alves, a expectativa de público está alta, pela vinda da banda Renascer Praise, formados por músicos conhecidos no meio evangélico.

Segundo o presidente, a banda nunca veio ao interior e, por isso, pessoas de outras cidades que frequentam igrejas evangélicas estão organizando caravanas para participarem.

Além da apresentação da Renascer Praise, o que deve fazer com que as pessoas participem mais são as propagandas.

De acordo com Alves, no ano passado, não houve muita publicidade para atrair público. “Este ano, estamos fazendo uma divulgação maior, panfletando, fazendo faixas, outdoors, carros de som e camisas confeccionadas”.

O presidente salientou que, além da ajuda da população e de comerciantes, o prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu, também está apoiando o evento.

Alves afirmou, também, que a organização irá alugar barracas para vendas de alimentos e artesanatos. O presidente disse achar interessante que as pessoas vendam coisas do gênero alimentício, pois será um evento de longa duração.

Quem quiser alugar barraca, basta entrar em contato com o pastor Getro Augusto de Campos, na Igreja Brasil para Cristo, à rua Coronel Bento Pires, 784, centro.


Publicidade
Siltec