Cidade será palco do Teatro a Bordo nesta 6ª-feira pela internet

201
Publicidade
Da redação

Em tempos de isolamento social, os artistas da trupe do Teatro a Bordo se reinventaram e, assim como muitos profissionais, adaptaram-se “aos novos tempos virtuais”.

A trupe de artistas – que viaja há 12 anos a bordo do contêiner-palco batizado de Caixola – vai deixar o caminhão estacionado e “rumar para uma aventura pelos ares, nas ondas da internet, do rádio e da imaginação”, conforme divulgado pela assessoria de comunicação da concessionária CCR SPVias.

O projeto Teatro a Bordo – Caixola de Histórias é apresentado, no trecho da concessionária CCR SPVias, pelo Ministério do Turismo e Instituto CCR, por meio da lei federal de incentivo à cultura, em uma realização da “Berthi Produção e Arte” e apoio local das prefeituras.

Conforme a assessoria de comunicação do grupo CCR, a itinerância será executada parcialmente a distância por conta da pandemia da Covid-19, “mesclando técnicas de radioteatro e ações educativas, resultando na criação de uma cena inédita por cidade, com o objetivo de resgatar histórias da cultura popular e levar arte e informação para o público infantojuvenil, além de integrar artistas e educadores das cidades envolvidas”.

“Ouvir uma história e completar as imagens com a nossa mente nos faz manter a imaginação atenta, proporcionando um distanciamento desse excesso de telas ao qual estamos todos expostos. Além de ser um meio democrático quando transmitido por rádio, pois alcança mais facilmente o público, principalmente aqueles sem acesso à internet”, completa Talita Berthi, criadora do projeto.

Publicidade

A ação educativa acontecerá a partir de oficinas de contação de histórias por videoconferências, com disponibilização e acesso gratuitos. As cenas criadas a partir do material recolhido nas oficinas serão gravadas em formato de podcast distribuídas por meio da internet e das rádios locais.

O link para inscrição à oficina está disponível no site: www.caixoladehistorias.com.br. O tema será “Mediação de Leitura”.

O cronograma começa na sexta-feira, 9, às 16h, acontecerá a oficina virtual de contação por meio do aplicativo Zoom. A inscrição acontece até uma hora antes do início da reunião, por meio do link: https://bit.ly/36dGytp, no qual as histórias serão recolhidas.

Na quarta-feira, 14, o vídeo dos artistas locais com tradução em libras será publicado no canal do YouTube do Caixola. Os relatos da oficina serão transformados em um podcast publicado no Spotify e no YouTube.

A realização do projeto na íntegra, com as apresentações do contêiner-palco em praça pública, acontecerá quando os eventos abertos forem autorizados e seguros, respeitando os protocolos sanitários vigentes.

Todos os envolvidos na equipe do projeto trabalharão de forma remota, sem o encontro presencial.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome