Ceagesp divulga comunicado sobre desaparecimento de trigo em Tatuí

997
Publicidade
Da redação

Na tarde deste sábado, 19, a assessoria de comunicação da Ceagesp entrou em contato com a reportagem do jornal O Progresso para solicitar a divulgação de um comunicado a respeito do suposto desaparecimento de mais de 1.600 toneladas de trigo na unidade tatuiana, localizada na rodovia Senador Laurindo Dias Minhoto, quilômetro 26.

Um engenheiro agrônomo, acompanhado de um procurador da empresa, esteve na Delegacia Central, na tarde de terça-feira, 15, para registrar boletim de ocorrência de peculato. Ao todo, 15 pessoas estão sendo investigadas.

O comunicado:

“A Ceagesp, com capacidade de armazenamento de 1.172.550 toneladas, é a maior empresa de armazenagem oficial no Estado de São Paulo, distribuída por suas 33 Unidades Armazenadoras, e conta com um quadro de colaboradores especializados.

A Unidade Armazenadora de Tatuí possui capacidade de armazenamento de 100 mil toneladas, em sua maioria de grãos. Diariamente, recebe em média 1.500 toneladas por dia.

Publicidade

Por meio do trabalho de monitoramento rotineiro de seus estoques apuramos uma diferença entre o estoque físico e contábil de trigo armazenado na Unidade de Tatuí.

Diante de tal constatação tomamos as medidas cabíveis, com a abertura de procedimento de apuração interna e elaboração de boletim de ocorrência junto à Delegacia de Polícia local.

Tal evento afetou apenas um cliente com o qual já estamos conversando para as devidas regularizações.

A Unidade de Armazenagem de Tatuí, assim como as demais, continua a prestar os serviços normalmente para os clientes, para que o abastecimento de alimentos e insumos continue em prol da população em geral.

A Ceagesp reforça seu compromisso com a transparência e com a prestação de serviço com excelência para clientes e população.

Atenciosamente, a Diretoria.”

Publicidade