Ações contra o tráfico resultam em duas prisões e apreensão de drogas

PM recolhe pedras de crack e GCM apreende porções e tijolos de maconha

570
PM e GCM realizam operações contra o tráfico na cidade (foto: @pmsp_foco)
Publicidade
Da redação

Duas operações realizadas contra o tráfico de drogas, pela Polícia Militar e Guarda Civil Municipal, na noite de quarta-feira, 8, resultaram na prisão de um homem de 27 anos, na vila São Cristovão, e de um adolescente de 16, na vila Esperança.

Conforme boletins de ocorrências registrados na Delegacia Central, durante as operações, os agentes de segurança recolheram mais de 50 pedras de crack, dez porções de maconha e dois tijolos da mesma droga (com aproximadamente cem gramas cada), além de R$ 150 em dinheiro.

A primeira ocorrência foi registrada pela GCM, por volta das 19h, na rua Chico Catarina, na vila Esperança. Conforme o órgão de segurança, uma equipe fazia patrulhamento pelo bairro quando suspeitou de um adolescente.

O menor estava saindo de uma casa quando foi abordado pelos agentes, momento em que estaria carregando um tijolo de maconha. Segundo a GCM, o menor confessou que venderia a peça de droga por R$ 100 e contou que tinha mais drogas na moradia.

No imóvel, os guardas apreenderam 12 papelotes de maconha e mais um tijolo da mesma droga, além de R$ 140 em dinheiro. O adolescente foi encaminhado à DC e ouvido, permanecendo à disposição da Vara de Infância e Juventude.

Publicidade

A segunda ocorrência de tráfico da noite foi registrada pela PM por volta das 21h, após uma equipe militar receber denúncia de tráfico de drogas na avenida Pompeo Reali, na vila São Cristóvão.

Durante as buscas, os agentes encontraram um suspeito com as características informadas pelo denunciante e abordaram o ajudante-geral Tiago Dias de Andrade, 27. Segundo a PM, o rapaz estaria carregando apenas R$ 10 em dinheiro, mas confessou que tinha drogas guardadas na casa dele.

Em buscas pelo imóvel, a PM apreendeu 59 porções de crack. O acusado foi encaminhado à Central de Flagrantes da Delegacia Centra, também permanecendo à disposição da Justiça.

Publicidade