“Música na Praça” retorna à Matriz neste final de semana

Evento integra a programação do 195º aniversário de Tatuí

0
Da redação

O tradicional Projeto Música na Praça, ação cultural da prefeitura, retorna de forma presencial à Praça da Matriz neste sábado, 7, às 10h30, como parte da programação do 195º aniversário de Tatuí.

A apresentação será do Trio Bravo Electro, marcando a retomada gradual das atividades presenciais do setor cultural no município, de acordo com os protocolos de segurança e saúde do Plano SP de combate à Covid-19.

Com produção de Júlio César, o Trio Bravo Electro é composto por dois violinos (Eduardo Augusto e Rogers Bertinotti) e um violoncelo (Tiago Almeida).

Eles unem elementos das músicas clássica e popular, executados por instrumentos orquestrais, a partir de uma base eletrônica. De forma instrumental, apresentam sucessos das músicas clássica, sertaneja, tango, jazz, rock, pop e MPB, com uma “roupagem moderna e remixada”.

Atuando desde 2018 em shows, eventos corporativos, lives e casamentos, o Trio Bravo Electro já se apresentou em diversas cidades dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Sobre o Projeto

O “Música na Praça” tem como intuito proporcionar o desenvolvimento e o fortalecimento da produção musical, valorizando ao máximo os grupos, bandas e artistas locais e da região, dando a eles oportunidades para difundirem seus trabalhos.

Realizado em todos os sábados na Praça da Matriz, o evento atrai centenas de pessoas para prestigiar as apresentações de diversas expressões musicais, que vão desde o estilo clássico até o popular.

De acordo com registros históricos, o “Música na Praça” começou nos anos 90, aos domingos, na Praça da Matriz. Deixou de acontecer por alguns anos e foi retomado em 2002.

No entanto, no ano de 2015, deixou de fazer parte das manhãs de sábado da Capital da Música. Mas, em 2017, a prefeitura, por meio da Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, resgatou essa tradição cultural do município.

A temporada 2020, que teve início em 14 de março, precisou ser suspensa na semana seguinte, em virtude da pandemia de Covid-19, retornando, algum tempo depois, em forma de “lives”, o que continuou até o início deste ano.