Municí­pio sedia congresso técnico de copa que visa ‘resgatar futebol’

581





Cristiano Mota

José Ordele Panzarini Junior abriu reunião técnica e discursos na sexta

 

Incentivar o esporte por meio de intercâmbio entre equipes. Com esta máxima, a Liga Laranjalense de Futebol realizou em Tatuí congresso técnico para definição da 1a “Copa Regional de Futebol Amador”. Sediado no Restaurante Hortelã, na avenida São Carlos, 173, o evento aconteceu na noite da última sexta-feira de agosto, dia 29, com presença de autoridades de seis municípios.

A reunião técnica é fruto de trabalho iniciado por dirigentes de Laranjal Paulista, Boituva, Tietê, Tatuí, Iperó e Cerquilho no início do ano. Em janeiro, os representantes dos municípios começaram uma série de reuniões para definir a viabilidade de promover uma competição regional e os detalhes.

Os encontros resultaram na promoção do evento desportivo que recebe apoio da FPF (Federação Paulista de Futebol). A competição também conta com participação do Safesp (Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado de São Paulo).

A Topper, empresa brasileira fornecedora de materiais esportivos, participará da copa. Conforme a organização, ela cederá bolas a serem usadas nos jogos.

O torneio terá partidas nas cidades com times na competição. Ao todo, 12 times participarão dos jogos. No congresso técnico, a organização fez o sorteio das chaves – que serão divulgadas à imprensa, posteriormente, com o regulamento.

De Laranjal Paulista, jogam Monzamigos Futebol Clube e E. C. Atlético Comercial. Boituva será representada por Almadina Futebol Clube e Tunalusa. Disputam por Tietê, o Zambuianco Futebol Clube e o Vila Nova Futebol Clube.

Tatuí participa com as equipes da FBA (Família Boleiros e Amigos Futebol) e Associação Atlética Santa Rita. Competem por Iperó, as equipes do George Oeter e Canabrava Futebol Clube. Defendem a cidade de Cerquilho, as seguintes agremiações: 5 da Manhã Futebol Clube e Dinapoli Futebol Clube.

Além de dirigentes esportivos, compareceram ao congresso prefeitos e vice-prefeitos das cidades integrantes da copa. O prefeito de Tatuí, José Manoel Correa Coelho, Manu, recepcionou os convidados, e assistiu ao sorteio das chaves. Ele compareceu ao evento acompanhado da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Paula Cury Fiuza Coelho.

Compuseram a mesa do congresso, o presidente da LLF, José Ordele Panzarini Junior; o vice-presidente da entidade, Antonio Rogério; o tesoureiro da liga, Marcelo Ernani de Oliveira; o diretor de árbitros da liga laranjalense, Sidnelson Danilo Vicente; e o presidente da Safesp, Artur Alves Junior.

Também participaram do evento, os prefeitos de Boituva, Edson Marcusso; de Cerquilho, Antonio Del Bem Jr.; de Laranjal Paulista, Heitor Camarin Jr.; e o secretário municipal de Esporte, Lazer e Juventude de Tatuí, Miguel Lopes Cardoso Junior.

Em discurso, o presidente da LLF cumprimentou autoridades presentes e agradeceu os dirigentes pela confiança depositada na entidade para a realização da copa. Panzarini Junior citou que os prefeitos e os secretários de esportes dos municípios envolvidos acreditaram no evento e o transformaram em realidade.

“Espero que possa retribuir isso para vocês”, comentou ele, ao falar da realização do evento. O presidente da liga também citou que a primeira copa tem como principal objetivo estreitar os laços de “amizade esportiva entre as cidades”.

Panzarini Junior também citou que a competição tem caráter de resgate da tradição futebolística. “Em anos anteriores, nós procurávamos fazer eventos como este. Acho importante voltar a realizá-los”, declarou o presidente.

Em pronunciamento, Panzarini Junior afirmou que já considera o evento um sucesso. Conforme ele, todas as equipes esportivas das cidades envolvidas estão colaborando.

O presidente da liga afirmou, também, que é preciso manter vivo o espírito esportivo entre as equipes. “Queremos que Tatuí vá a Laranjal e seja bem recebida e que assim, sucessivamente. Procuramos fazer o máximo para que o evento seja bem-sucedido e, para isso, contamos com a colaboração de vocês”, disse.

Manu destacou que a copa reforça um trabalho que vem sendo desenvolvido em Tatuí desde o início de 2013. O prefeito de Tatuí afirmou no evento que o município passou a incentivar a prática esportiva, principalmente o futebol, por meio de competições como a Copa Craques do Futuro.

“Nós investimos na categoria de base e estamos fazendo inúmeros eventos na cidade”, comentou o prefeito. “Agora, com a primeira copa regional, com cidades do entorno de Tatuí, vamos melhorar ainda mais”, complementou.

Em Tatuí, os jogos serão realizados no campo do Sindmetal (Sindicato dos Metalúrgicos de Tatuí e Região). O espaço recebe partidas da competição por conta de entendimentos com o presidente da entidade classista e secretário municipal da Indústria, Desenvolvimento Econômico e Social, Ronaldo José da Mota. “Nós temos nele um grande parceiro”, declarou o prefeito.

Edson Marcusso também falou sobre ações que está desenvolvendo em Boituva. O prefeito boituvense afirmou que a secretaria de esportes da cidade dele é “a que mais avança”, contando com escolinha com mais de 2.000 alunos.

Para ele, a copa tem efeitos que vão além dos jogos. Marcusso também enfatizou que o torneio é importante porque representa o resgate da tradição das competições regionais. “É importante começarmos da base”, declarou.

O prefeito de Boituva também citou a importância da colaboração dos dirigentes regionais. Marcusso incluiu os atletas como responsáveis pelo sucesso da copa. “Sem vocês não existe esporte. Não há essa quantidade de movimentação. Espero que continuem nos empolgando cada vez mais”, concluiu.

Antonio Del Ben Jr. afirmou que estava satisfeito com a realização do evento. Conforme o prefeito de Cerquilho, a copa revive um importante movimento do interior: o que incentivou o surgimento de times que se sagraram campeões amadores.

“Como foi bem lembrado, alguns de vocês já tiveram oportunidade de participar de torneios, representando suas respectivas cidades. Disso, fica a amizade, apesar dos resultados. Muitas amizades nasceram dessas disputas”, disse.

Na mesma linha de raciocínio, o vice-prefeito de Iperó, Josué da Costa Guimarães, afirmou que o campeonato vai unificar ainda mais a região. Também informou que o prefeito da cidade vizinha não pôde comparecer ao congresso técnico por conta de uma formatura. “Ele foi patrono”, comentou.

Para Heitor Camarin Jr., a copa também traz de volta os “anos dourados do futebol regional”. O prefeito de Laranjal Paulista, cidade da entidade organizadora do torneio, apesar de gerarem competitividade, os jogos fortalecem o espírito esportivo.

Camarin Jr. disse, ainda, que os municípios terão mais uma ferramenta para formarem cidadãos. “O esporte é o melhor caminho. Eu parabenizo a Liga pela iniciativa e a todas as cidades engajadas na competição”, adicionou o gestor público.

Manoel David Korn de Carvalho também citou trabalhos realizados em Tietê, no âmbito esportivo. O prefeito da cidade participante também agradeceu o empenho dos dirigentes e pediu colaboração das equipes para o evento.

Na sequência, os representantes participaram de sorteio das chaves para definição dos jogos da primeira fase da competição. A tabela deve ser divulgada nos próximos dias, juntamente com o sistema de classificação e regulamento.