MHPS entrega medalhas comemorativas ao centenário de edifício-sede

55
Medalhas comemorativas focam no desenho frontal do edifício histórico (Foto: AI/Prefeitura)
Da reportagem

Em 18 de dezembro de 2020, teve início a entrega das cem medalhas em comemoração ao centenário do edifício-sede do Museu Histórico “Paulo Setúbal” (1920-2020), equipamento cultural da prefeitura, pela Secretaria Municipal de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude.

A primeira foi destinada à prefeita Maria José Vieira de Camargo, entregue pelo secretário municipal do Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, Cassiano Sinisgalli, e pelo diretor municipal de cultura e gestor do MHPS, Rogério Vianna. “A emoção da prefeita foi muito grande”, contou Vianna.

Em parceria com os irmãos Setúbal, as medalhas foram fundidas em bronze 70 (latão), em cor ouro envelhecido e com estojo em veludo preto.

As condecorações têm a face com arte elaborada pelo departamento de comunicação da prefeitura, assinada por Leandro Alexandre Mendes, focando no desenho frontal do edifício.

Abaixo, no objeto comemorativo, há o escrito “100 anos”, com o ano de fundação e do centenário, “1920-2020”; e a atual ocupação, “Museu Histórico Paulo Setúbal”, além da cidade e o estado no qual está situado.

Conforme Vianna, a ideia de elaboração da medalha foi motivada por diversos itens celebrativos, como do quinto centenário da formação da cidade de São Paulo e o centenário do Instituto Geográfico Histórico do Estado, que estão expostos na reserva técnica do museu.

“Tomamos como base que seria interessante o MHPS também criar a sua medalha para esse momento do centenário do edifício que é sede do museu”, reforça o gestor.

Ele afirma que “o objetivo da medalha é valorizar as pessoas, personalidades e autoridades que apoiam no desenvolvimento e fazem parte da história do MHPS, de grande importância para Tatuí e o estado de São Paulo”.

Vianna ainda informa que, junto com a medalha, os contemplados recebem um certificado que denota o número da medalha. “O registro ficará no acervo do MHPS para que as pessoas possam, futuramente, pesquisar quem foram os contemplados por essas medalhas”, informa.

Além da prefeita Maria José, as medalhas foram destinadas a Luiz Paulo Ribeiro da Silva (então vice-prefeito), Sinisgalli, Antônio Marcos de Abreu (presidente da Câmara Municipal) e Vianna.

Alfredo Egydio Setúbal, José Luiz Egydio Setúbal, Maria Alice Setúbal, Olavo Egydio Setúbal Júnior, Paulo Setúbal Neto, Ricardo Egydio Setúbal e Roberto Egydio Setúbal, os “Irmãos Setúbal”, também foram contemplados.

As medalhas também foram destinadas a Luiz Gonzaga Vieira de Camargo (35º prefeito de Tatuí), ao Condephat (Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico e Artístico de Tatuí), ao Comtur (Conselho Municipal de Turismo), ao Conselho Municipal de Políticas Culturais de Tatuí e à Câmara Municipal.

Além de Abreu, os vereadores que encerraram a 17ª legislatura, Alexandre de Jesus Bossolan, Alexandre Grandino Teles, Daniel Almeida Rezende, Eduardo Dade Sallum, Jairo Martins, João Éder Alves Miguel, Joaquim Amado Quevedo, José Carlos Ventura, Márcio Fernandes de Oliveira, Miguel Lopes Cardoso Júnior, Nilton José Alves, Rodnei Rocha, Ronaldo José da Mota, Severino Guilherme da Silva, Valdeci Antônio de Proença e Wladimir Faustino Saporito, foram agraciados.

Ainda ganharam o reconhecimento os então secretários municipais: Miguel Ângelo de Campos, da Segurança Pública; Alessandro Bosso, do Trabalho e Desenvolvimento Social; Tirza Luiza de Melo Meira Martins, da Saúde; Juliana Rossetto Leomil Mantovani, do Planejamento e Gestão Pública; Marco Luís Rezende, das Obras e Infraestrutura; José Roberto Xavier da Silva, da Mobilidade Urbana e Transportes; Renato Pereira de Camargo, do Governo e Negócios Jurídicos; Walter dos Santos Júnior, da Fazenda e Finanças; Marisa Aparecida Mendes Fiusa Kodaira, da Educação; e Célio José Valdrighi, da Agricultura e Meio Ambiente.

Outras sete medalhas foram destinadas a: Acassil José de Oliveira Camargo Júnior, diretor do Colégio Objetivo; Alessandra Vieira de Camargo Teles, gerente da Central de Rádio; André Kaires, do Grupo Ímpares; Antonino José Rodrigues da Costa, comandante da Guarda Civil Municipal; Antônio Davi Julian, diretor da Faesb (Faculdade de Ensino Superior Santa Bárbara); Antônio Nunes Pereira, do Rotary Club de Tatuí “Cidade Ternura”; Ary Araújo Júnior, diretor executivo da Abaçaí Cultura e Arte.

Também foram agraciados: Beatriz Soares Amaro, da Etec (Escola Técnica) “Sales Gomes”; Bernadete Elmec, da revista Hadar; Carlos Alberto dos Santos, superintendente do conselho administrativo da Unimed Tatuí; Carlos Orlando Mendes Filho, do Antigomobilismo Clube de Tatuí – Lazer e Cultura; Christian Pereira de Camargo, presidente do Lions Club de Tatuí e chefe de gabinete da prefeitura; Cláudio Camargo, artista plástico; e Clélia Erwenne de Araújo Pinto, do Centro Hípico de Tatuí.

Débora Lúcia da Costa Aguiar, responsável por projetos culturais da CCR – SPVias, o artista plástico Domingos Jacob Filho, Doniran Mariano de Barros, responsável pela pesquisa “O Edifício da Praça do Museu – 100 Anos”, Eder Balliari, presidente da Unimed Tatuí, Edson Aparecido Pinto, coordenador cultural do CEU das Artes, padre Élcio Roberto de Góes, da Paróquia e Santuário Nossa Senhora da Conceição, e Eric Proost, presidente da ACE (Associação Comercial e Empresarial de Tatuí), também ganharam as honrarias.

Foram destinadas medalhas, ainda, para: Hélio de Barros, assessor de gabinete; Ivan Camargo, editor do jornal O Progresso de Tatuí; Jaime Pinheiro, artista plástico; José Eduardo Cantieri Costa, presidente do Rotary Club Tatuí; José Reiner, diretor do jornal Integração; e José Salim Kallab Fraiha, diretor-presidente da CCR – SPVias.

Os itens comemorativos também foram dados a: Leandro Alexandre Mendes, criador da arte do centenário; Luciana Vieira C. Barros Picchi, do Projeto Envelhecer com Qualidade de Vida, do Fusstat (Fundo Social de Solidariedade de Tatuí); Luciano Rocha Lima, presidente da Aprodoce (Associação dos Produtores de Doce de Tatuí); Luís Antônio Galhego Fernandes, presidente do Conselho de Cultura; Luís Antônio Voss Campos, personalidade da comunicação; Luís Carlos de Barros, do Rotary Club de Tatuí; e Luiz Antônio Fernandes Guedes, do MHPS.

O juiz Marcelo Nalesso Salmasso, do Juizado Especial Criminal e Vara da Infância e Juventude, Maria Augusta de Abreu Raggio Barbará, do MHPS, Maria Inês de Camargo, do Grupo Seresteiros com Ternura, e Mauro Tomazela, diretor da Fatec (Faculdade de Tecnologia) de Tatuí, também receberam as medalhas.

Mais condecorações foram destinadas: ao pastor José Carlos de Lima, da Casa Publicadora Brasileira; a Pedro Silva, do grupo folclórico Cordão Dos Bichos; a Rodrigo Santos Correa, gerente da Coop – Cooperativa de Consumo; e a Sônia Maria Ribeiro da Silva, então presidente do Fusstat.

Ainda foram contemplados: Thyrso Menezes da Silva Júnior, vice-presidente do conselho administrativo da Unimed Tatuí; Wagner Eduardo Graziano, presidente do Comtur; César Augusto Araújo, vice-presidente do Comtur; Adriana Afonso de Oliveira, atriz; Jorge Rizek, personalidade cultural; Gustavo Grando, assessor de gabinete; Marcos Roberto Rodrigues dos Santos, subcomandante da GCM; e Francisco Júnior, jornalista.

Conforme Vianna, “as emoções foram as mais variadas”. O gestor do MHPS afirma que as pessoas se emocionaram e se sentiram lisonjeadas em receber a medalha, agradecendo pessoalmente e em publicações em redes sociais.

“Alguns se sentiram tão lisonjeados que chegaram a se emocionar mesmo, de forma a virar lágrimas. Foi um momento de grande importância, ficamos muito felizes, e as emoções foram as mais gratificantes”, conclui Vianna.