MHPS divulga vídeo em homenagem ao grupo ‘Tropeirinhos’

45
Grupo Tropeirinhos do Rancho (AI Prefeitura)
Da redação

O Museu Histórico “Paulo Setúbal”, espaço cultural mantido pela prefeitura, disponibilizou em seu canal do YouTube um vídeo de homenagem ao grupo “Tropeirinhos do Rancho”, como parte do Projeto #MuseuPauloSetúbalEmSuaCasa.

Gravada por Pedro Henrique de Campos na noite de 28 de junho de 2019, durante o “Arraiá no Museu”, com a tradicional “Noite da Seresta com Ternura”, a homenagem integra o projeto “Ilustres Tatuianos”, ação colaborativa entre o museu e o Grupo Seresteiros com Ternura, que visa “salvaguardar a história de Tatuí e dos tatuianos”.

O conteúdo pode ser visto no link: https://youtu.be/KAjsEReMX_0

O grupo Tropeirinhos do Rancho foi criado em 2012, em Tatuí. A primeira apresentação que se tem notícia ocorreu em 2 de junho daquele ano, no bairro Congonhal, iniciada pelo violeiro e fandangueiro José Rafael de Oliveira, que, “naquela tarde, reuniu amigos no rancho para brincar”.

A brincadeira resultou na criação do grupo, que tem o objetivo de resgatar, preservar e divulgar tradições tropeiras e caipiras, como o fandango, a catira, a recomenda das almas, as cavalgadas, a queima do alho, a música raiz e o toque de berrante, entre outras tradições do interior que, com o passar dos anos, foram gradativamente desaparecendo.

O grupo começou após o encerramento das atividades do Tropeiros da Mata, no qual José Rafael dançava e que era coordenado por Júlio Cleto – um dos grandes nomes do fandango em Tatuí.

Dessa maneira, o “Tropeirinhos do Rancho” foi surgindo, com o apoio dos pais de José Rafael, Adilson e Cleonice, atuais coordenadores. Com o passar dos anos, diversos amigos se juntaram ao grupo. Atualmente, são 14 integrantes, meninos e meninas entre 6 e 18 anos de idade.

Apesar do pouco tempo de formação, o grupo já tem expressividade no meio artístico, representando o município no “Revelando São Paulo” e participando de inúmeras apresentações em Tatuí e no interior do estado.

O grupo participou, também, da Festa do Peão de Barretos por três anos consecutivos, de reportagens e comerciais de televisão, além de outros importantes eventos, que renderam a ele uma homenagem por parte da Câmara Municipal de Sorocaba.

“Por meio da música de tradição, alunos e professores de escolas e creches de Tatuí podem se encantar com as apresentações, pelo som da viola, do berrante ou até mesmo das esporas chilenas. Desse modo, as crianças têm acesso à cultura que os Tropeirinhos mantêm viva, e sentem o desejo de conhecê-la melhor”, ressalta o Departamento de Cultura.