Meio Ambiente deve realizar projeto para conscientização

319
Publicidade





Kaio Monteiro

José Vicente Alamino de Moura anunciou a criação do projeto

 

O Departamento Municipal do Meio Ambiente pretende lançar o projeto de educação ambiental “Gestão Sustentável dos Resíduos Sólidos”, que envolverá a rede pública de ensino, nas escolas municipais e estaduais, na implantação de práticas sustentáveis para os resíduos sólidos e água.

A Prefeitura já encaminhou o projeto ao Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos), órgão ligado à Secretária Estadual de Recursos Hídricos, a fim de financiá-lo com recursos estaduais.

Publicidade

O foco do Departamento do Meio Ambiente é desenvolver atividades com crianças e adultos sobre os temas: coleta seletiva e reciclagem, importância da água, preservação do meio ambiente, biodiversidade, mata ciliar, recuperação de nascentes e arborização urbana.

A “Gestão Sustentável” também atuará na conscientização da população no descarte correto de resíduos sólidos, como pneus, lâmpadas, baterias etc.

O objetivo, segundo o diretor do Departamento, José Vicente Alamino de Moura, é diminuir os resíduos sólidos, a fim de preservar os recursos hídricos. O projeto também pretende recompor com vegetação nativa áreas públicas do município.

De acordo com Moura, o projeto atuará com as crianças matriculadas na rede estadual e municipal até a 6ª série, “para que elas se tornem agentes multiplicadores das atitudes consideradas sustentáveis”.

“As crianças apresentam um excelente resultado. Elas aprendem e, logo, repassam o conhecimento adquirido para os pais, por exemplo. O adulto, às vezes, tem dificuldade de aceitar e repassar o que aprende. A criança, no entanto, é diferente. Ela entende e cobra”, afirmou.

Para a atuação, funcionários do Departamento do Meio Ambiente irão até as escolas ministrar palestras e distribuir panfletos informativos sobre a importância de se preservar os recursos naturais.

Alamino explicou que as palestras serão realizadas com conteúdo audiovisual, que facilite e prenda a atenção dos alunos para o tema proposto.

“Não temos um local definido, nós vamos à sala de aula. Temos que fazer de uma forma que interessa às crianças. Além das palestras, as crianças irão a campo também”.

Ao todo, o Departamento do Meio Ambiente utilizará técnicos do setor. Segundo Moura, o projeto poderá contar com estagiários contratados mediante parcerias com faculdades ou cursos técnicos.

“As atividades serão desenvolvidas no decorrer do ano, dentro das semanas e dias comemorativos do calendário de eventos do Departamento do Meio Ambiente”.


Publicidade