Maria Eli Camargo é uma das 9 tatuianas a ocupar Legislativo

97
Publicidade
Da reportagem

A tatuiana Maria Eli da Silva Camargo também foi vereadora no município. Ela ocupou o cargo na 12a legislatura da Câmara Municipal, entre 1997 e 2000, e é uma das nove eleitas na história da cidade.

Além de Cíntia Yamamoto Soares (PSDB), Gabriela Xavier (Podemos), Débora Camargo (PSDB) e Micheli Cristina Tosta Gibin Vaz (PP), eleitas em 2020, outras cinco mulheres já haviam alcançado o Legislativo no município. Anteriormente, O Progresso havia apontado, contudo, somente os nomes de quatro antigas eleitas.

A primeira vereadora eleita na cidade foi Maria José Paschoal. Ela ingressou na Câmara em 1956, permanecendo até dezembro de 1959. Depois de 16 anos, Tatuí elegeu a tatuiana Vera Lúcia de Sá.

A segunda mulher eleita assumiu o cargo em fevereiro de 1977 e permaneceu na Casa de Leis até 1992. Ela é a única mulher reeleita por três vezes na história política tatuiana. Foram três mandatos consecutivos, da oitava à décima legislatura.

Na sequência, em 2001, ocorreu a eleição e, depois, a reeleição de Lúcia Maciel Aguiar Paes, representando o sexo feminino na 12a e na 13a legislatura, de 1997 a 2004.

Publicidade

Maria Eli foi a quarta vereadora titular. Em seguida, ocorreu a eleição de Rosana Nochele Pontes, última mulher eleita até então. Rosana atuou na 16o legislatura, de janeiro de 2013 a dezembro de 2016.

Já no Executivo, apenas duas mulheres ocuparam o cargo máximo: Francisca Pereira Rodrigues, a Chiquinha Rodrigues, de 1945 a 1947, que administrou por indicação, e a atual prefeita (primeira eleita e reeleita), cujo primeiro mandato teve início em 2017, seguindo até 2020, e o segundo começou em 2021, terminando em 2024.

Publicidade