Marcha para Jesus reúne mais de 7.500 pessoas na ‘Concha’

528
Grande presença de público lotou as ruas durante a marcha (foto: divulgação)
Publicidade

Conforme o presidente do Conpas (Conselho de Pastores de Tatuí), Valter de Paula Leite (Igreja Comunhão e Adoração), mais de 7.500 pessoas compareceram à 16ª edição da Marcha para Jesus, no feriado da Revolução Constitucionalista, celebrado terça-feira, 9.

A marcha é realizada pelo Conpas em parceria com a prefeitura. Além da tradicional caminhada, o evento promoveu shows de artistas renomados no meio gospel, como Dalet Ribeiro, Ana Nóbrega e banda R2 Live.

A concentração para a marcha ocorreu em frente à prefeitura, na avenida Cônego João Clímaco, e passou pelas ruas São Bento, 11 de Agosto, 7 de Abril, 15 de Novembro, do Cruzeiro e Humaitá, até chegar à Concha Acústica, na praça Antônio Prado. Durante todo o trajeto, de quase três quilômetros, houve um trio elétrico para animar o público.

Os participantes puderam doar R$ 10 e receberam um cupom para concorrerem a prêmios. De acordo com a organização, o valor arrecadado serviu para cobrir cerca de R$ 40 mil, gastos com a produção do evento.

O sorteio dos cupons rendeu uma moto Honda CG 160 Start para Murilo Guimarães e a Igreja Filadélfia ganhou um capacete da Paulinho Motos. Conforme Leite, um milheiro de tijolos foi sorteado a um cupom que estava preenchido apenas com o telefone do vencedor.

Publicidade

No segundo ano como presidente do Conpas, Leite declarou que o evento fora promovido “através de muita oração e fé em Deus, para honrar Jesus Cristo e abençoar Tatuí”.

O pastor afirma que a missão da Marcha Para Jesus “é promover a união e a comunhão, oferecendo aos cristãos um momento de reflexão na fé e expressar o amor de Deus ao município”.

Segundo ele, a “Marcha é um trabalho ecumênico destinado aos fiéis de todas as religiões e não leva bandeiras”. “O importante é a comunhão e o bem comum entre os cristãos de Tatuí e de toda a região”, disse ele.

O evento, realizado anualmente no município desde 2004, é considerado o maior do sudoeste paulista, conforme declarou o presidente do Conpas.

Segundo ele, além dos evangélicos locais, o evento reuniu caravanas de Araraquara, Boituva, Capela do Alto, Capivari, Marília, Quadra, Salto, São Paulo e Sorocaba.

“Agradeço a Deus por ter preparado uma festa tão grande ao seu povo. O calor do Espírito Santo uniu mais de 7.500 pessoas em um calor humano e sobrenatural”, ressaltou.

“Acreditamos que tudo que liberamos nesta marcha, ao orarmos e profetizarmos sobre esta cidade e a nação, proporcionará frutos que serão colhidos em breve”, completou o pastor Leite.

Publicidade