Manu anuncia que Giriboni terá ‘apoio incondicional’

284
Publicidade





Cristiano Mota

Giriboni conversa com o prefeito Manu e Marcos Quadra

 

Pré-candidato à reeleição, o deputado estadual Edson Giriboni (PV) recebeu apoio oficial do prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu (PMDB), na manhã de quinta-feira, 12.

Na data, Manu anunciou “apoio incondicional” ao político de Itapetininga, que se licenciou da SSRH (Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo) no mês retrasado.

Publicidade

A reunião aconteceu no gabinete do prefeito, com participação do vereador Wladmir Faustino Saporito (Pros) e de Marcos Rogério de Campos Camargo, o Marcos Quadra, pré-candidato a deputado federal por Tatuí. Quadra também se licenciou, em abril, do cargo de secretário municipal da Administração.

Durante o encontro, o prefeito propôs a criação de uma “agenda positiva” e uma “dobradinha” entre Giriboni (representante de Itapetininga) e Quadra (por Tatuí). Os dois devem definir, nos próximos dias, calendário de visitas à região, visando obter apoio dos prefeitos para as candidaturas.

Além do apoio, Manu abordou ações realizadas pelo deputado junto ao município. “Todas as vezes que eu fui ao gabinete dele, em São Paulo, fui bem atendido. Ele nunca deixou de atender Tatuí. Esteve sempre presente na região e na cidade e, por isso, queria oficializar o nosso apoio”, afirmou o prefeito.

Conforme Manu, Giriboni atuou decisivamente para obtenção de recursos destinados ao município. Entre eles, o que liberou R$ 700 mil (recurso repassado pelo governo do Estado) para a recuperação da ponte do bairro Colina Verde, interditada em 2013. O dispositivo foi entregue em fevereiro deste ano.

Segundo o prefeito, quando secretário estadual, o deputado “prestou serviços para toda a região”. Manu citou apoio às cidades de Cesário Lange, Quadra, Boituva, Cerquilho, Tietê, Capela do Alto e Itapetininga. “É mais que justo que eu e os demais prefeitos abracemos sua candidatura”, argumentou.

Em tom de brincadeira, Manu disse que estava “iniciando o namoro” do município com Giriboni, para apoiá-lo à reeleição, no Dia dos Namorados. “Hoje é um dia especial, dia da abertura da Copa do Mundo, e nós, com o pé direito, vamos fazer um trabalho de divulgação em toda a região”, disse ao deputado.

Saporito considerou que “Giriboni deverá receber apoio maciço da população de Tatuí, em função da contribuição que o deputado deu ao município”. “Vender o nome dele na cidade é igual vender Coca-Cola”, declarou.

O vereador afirmou, ainda, que Giriboni “fez o caminho inverso da maioria dos políticos”. Conforme Saporito, ele “primeiro ajudou Tatuí e, depois, solicitou ajuda para continuar contribuindo com a cidade”. “O que ele ajudou o município nos últimos anos não está escrito. E o povo sabe disso”, emendou.

Pré-candidato à Câmara dos Deputados por Tatuí, Quadra declarou que Giriboni é considerado “um pilar da política”. “Ele é um dos políticos mais respeitados no Estado de São Paulo, pessoa que não tem nenhuma história errada. Onde eu for, vou levar o nome dele. Vou de casa em casa”, comprometeu-se.

Ao final da reunião, o deputado agradeceu o “gesto de confiança” dos políticos de Tatuí e deu entrevista à imprensa. Ele antecipou que tem tido “boa recepção do nome junto à região”. “Todos são amigos, parceiros de trabalho”, declarou.

Giriboni disse que o mote de campanha dele será a atuação na região. “Minha prioridade é estreitar ainda mais o relacionamento e as parcerias entre os municípios e o governo do Estado. A proposta do novo mandato é estar à disposição dos municípios, na hora que precisarem”, disse o parlamentar.

Segundo ele, o deputado deve agir como um “elo de ligação” entre as prefeituras e o governo do Estado. “Cada liderança municipal sabe quais são suas prioridades. Cabe ao deputado procurar fazer com que o Estado as cumpra”, falou.

Por fim, o deputado disse que tem um “carinho muito especial por Tatuí”. Além da proximidade com Itapetininga (base do político), a cidade é considerada pelo parlamentar “muito importante no contexto regional como colégio eleitoral”. “Tenho um carinho grande, até pela parceria com o Manu”, encerrou.


Publicidade